O jornal norte-americano “The Wall Street Journal” citou em uma publicação na manhã de hoje que estava havendo negociações de aquisição da Embraer pela Boeing, indicando conversas entre pessoas pessoas das empresas, que não foram identificadas.

Por conta disso as ações da Embraer abriram em forte alta na Bolsa norte-americana nesta quinta-feira, com alta que chegou à 26%, antes de ser congelada, tudo indica que as ações podem voltar a serem negociadas com alta de 22%.



Já a Boeing registrou leve queda nas suas ações, de 0,33%. Cada ação da Embraer estava sendo negociada à US$ 24,44 antes do congelamento, a as ações da Boeing US$ 296,92 na manhã desta quinta-feira.

De acordo com o “The Wall Street Journal”, a Embraer valia US$ 3,7 bilhões na manhã de hoje, antes da publicação da notícia. Em 2016 a Embraer teve receita liquida de R$ 21,436 bilhões,e no terceiro trimestre deste ano, registrou lucro líquido de R$ 351 milhões.

Foto – Boeing

A Boeing poderia trabalhar com a Embraer como uma empresa especializada em jatos regionais, acrescentando também novos aviões ao portfólio de aeronaves comerciais da Boeing. A Embraer já tem fábricas nos Estados Unidos, onde produz o Super Tucano e sua linha de jatos executivos.

A Boeing já trabalhou em conjunto com a Embraer anteriormente, como no projeto ecoDemonstrator, que usou um E170 como plataforma de testes, e também na consultoria de venda do KC-390, o novo avião militar da Embraer.

Recentemente a Airbus comprou uma participação majoritária no projeto CSeries da Bombardier, que engloba o range entre 110 a 150 assentos, mercado que a Airbus ainda não tinha participação. A fabricante europeia ficará responsável pelas vendas e administração do projeto, enquanto a Bombardier ficará encarregada da engenharia e produção.

Para evitar o imposto de 300% aplicado pelo Departamento de Comércio dos EUA aos aviões da família CSeries, a Airbus também cedeu um espaço na sua linha de montagem em Mobila, Alabama (EUA). 

A Aeroflap está aguardando um comunicado oficial da Embraer que será emitido até o fim desta tarde. A Boeing não comentou de imediato o fato, e também estamos aguardando uma posição da empresa.