Artigos Não categorizado Propulsores

Tipos de motores possíveis para um aeronave – Em Gifs

E como meu dever é não facilitar a vida de vocês, decidi procurar algumas gifs que demonstram o funcionamento de motores, mas não de carros, caminhões ou qualquer outro tipo, mas os utilizados em aeronaves, tanto os que usam Gasolina Azul (é injeção direta na veia, hehehe) como os que usam o querosene.

 

Motor a pistão, mais simples e amplamente conhecido.
Motor a pistão, mais simples e amplamente conhecido.

Eu preferi começar logo sem sustos e com um bem conhecido e simples, ciclo Otto ou Diesel a Pistão, não precisa de tanta descrição, normalmente usa uma caixa de redução ,que nada mais é que engrenagens de tamanho diferentes entre a hélice e o motor.

 

Motor turboélice, é basicamente uma turbina que gira um eixo acoplado a hélice.
Motor turboélice, é basicamente uma turbina que gira um eixo acoplado a hélice.

É bem conhecido como um motor a jato primário e utilizado em aeronaves menores, como por exemplo nos ATR e no excelentíssimo Lockheed Electra, geralmente usa uma caixa de redução na hélice a exemplo dos motores a pistão, a causa para isso é porque as pontas da hélice podem entrar em velocidade supersónica e perderem eficiência, até tornar perigoso para a estrutura. Outras aeronaves também utilizam esse tipo de motor, no Brasil o famoso Brasília (EMB120) fabricado no Brasil, e o Hércules da FAB utilizam esse motor. A Vasp a aeronave que marcou a frota foi o Samurai (YS-11).

 

Esse é o motor a jatopuro, muito utilizado nas primeiras grandes aeronaves.
Esse é o motor a jatopuro, muito utilizado nas primeiras grandes aeronaves.

A história da criação desse motor é bem interessante, porém o importante mesmo é como funciona, é basicamente compressores e um fan na parte da frente, que empurram o ar para dentro de todas as lâminas do compressor, e em seguida para o injetor de combustível, o ar entra frio, comprime, entra em combustão quando em contato com o combustível (querosene), dentro do motor é comprimido e descomprimido várias vezes, inclusive na sua fase quente. Não são lá muito eficientes e uma de suas características é emitir muito barulho. Algumas aeronaves de exemplo?  Boeing 707/727, Messerschmitt Me 262, DC8 e Caravelle no lado dos russos o  Tupolev 134. Do lado das aeronaves supersónicas o Concorde e TU144 com pós-combustor.

 

Motor Turbofan, atualmente é conhecido pela altas potências que podem produzir e sua alta eficiência.
Motor Turbofan, atualmente é conhecido pela altas potências que podem produzir e sua alta eficiência.

A diferença desse para o turbojato é que ele contém um grande fan na fase totalmente fria, a parte funcional do jato é normal como um turbojato e um fan que empurra mais ar que não passa pelo motor, mas se junta ao ar quente na saída do mesmo, gerando mais empuxo que um jatopuro, assim sua eficiência é maior e o consumo menor. Basicamente dispensa exemplos.

 

Propfan, pouco utilizado e muito barulhento.
Propfan, pouco utilizado e muito barulhento.

Mistura o turboélice com jatopuro, tem duas hélices girando em sentido oposto, porém o ar ainda é admitido e expelido normalmente como em um motor a jato. Poucas aeronaves utilizaram esse conceito desde o projeto. Exemplos? poucos, Antonov An70.

About the author

Pedro Viana

Pedro Viana

Acadêmico de Engenharia Aerospacial - Editor de foto e vídeo - Fotógrafo - Aeroflap

Newsletter

[newsletter_signup_form id=1]

Facebook

Em busca de hotel?


Share This