O Presidente Americano Donald Trump confirmou a sua participação no Roll Out do primeiro Boeing 787-10 que ocorrerá em North Charleston nesta sexta-feira (17/02), nas dependências de uma unidade de fabricação da Boeing. Essa fábrica será exclusiva para a produção do 787-10 nos Estados Unidos.

Essa também é a primeira vez que a unidade de North Charleston recebe a visita do presidente americano, outras unidades da Boeing como a de Everett  e St. Louis já receberam a visita de alguns presidentes dos Estados Unidos. 

Foto Boeing/Divulgação

Apesar da grande possibilidade da ida de Trump a unidade onde será o Roll Out do 787-10, as relações entre o presidente americano e a Boeing nem sempre foram tranquilas.

Tudo aconteceu em 17 de fevereiro do ano passado, quando Trump passava pela Carolina do Sul e aproveitou para criticar a relação entre a indústria aeroespacial americana com a China, a discussão foi devido a abertura de uma unidade da Boeing no exterior. O presidente americano disse que uma abertura de uma unidade da Boeing na China, poderia levar ao fechamento de outras unidades da empresa nos Estados Unidos.

Trump sempre mostrou uma postura pró-emprego para os cidadãos americanos e também cuida bastante de assuntos financeiros, como a recente negociação com a Lockheed Martin para diminuir os custos do programa F-35, neste último Trump conseguiu diminuir o preço de cada unidade de 110-120 milhões de dólares para 80-90 milhões de dólares, economizando assim bilhões do governo americano.

Donald Trump também já demonstrou certo incomodo com a geração de empregos da indústria americana no exterior, os países mais atacados são o México e a China.

COMPARTILHAR