Pode parecer um tanto quanto assustador você imaginar um avião de passageiros voar por 39 anos seguidos em uma mesma companhia aérea em pleno século 21, onde o preço do petróleo não é tão atrativo assim. 

 

Para ficar um tanto quanto mais, digamos, diferente esse avião é Boeing 747-SP e cobre uma rota de mais de 6000km com 7 horas de duração. Ficou interessado em saber mais? Vem que a gente te mostra.

Companhia: Quem opera essa rota é a Iran Air, empresa fundada em 1961 depois que governo iraniano resolveu fundir a Pars Airways e a Iranian Airways surgindo assim a Iran Airem, em abril de 1962 iniciou suas operações.

Iniciou sua expansão comercial entre os anos de 1960 e 1970 onde adquiriu boa parte das aeronaves que atualmente se encontram em sua frota, dentre elas o Boeing 747-SP.

Aeronave: O avião como já citado acima é um quadrimotor Boeing 747-SP (Special Performance) com autonomia de voo de 12320 km e capacidade para levar por volta de 230 passageiros divididos em 3 classes.

 
Primeiro Boeing 747-SP ao lado do protótipo do Boeing 747-100.
 
Voou pela Iran Air pela primeira vez no dia 7 de maio de 1977 dando-lhe a incrível idade de 39 anos e 7 meses, além disso é o único ainda em operação regular para voos de passageiros no mundo. 
 
Boeing 747-SP com a pintura da década de 70 mesmo ano em que foi recebido.

 

Rota: A rota é entre o Oriente Médio e a Ásia e tem suas frequências situadas nas terças, sextas e aos domingos. Tem exatos 6336 km/3937 milhas numa velocidade de 806 km/h ou 501 mph e dura cerca de 7 horas e 50 minutos decolando às 22h20 do Irã e pousando às 9h40 na Malásia.

 
Mapa da rota. Fonte Google Maps.

O voo é operado entre o Aeroporto de Tehran e o de Kuala Lumpur, o código do voo é IR814 e custa por volta de 500 euros. ou 1500 reais em conversão direta sem os devidos impostos. É possível voar na classe executiva e econômica nessa rota.
 
A bordo: Dentro da aeronave não se encontra os maiores confortos imagináveis, no entanto uma tripulação acolhedora e bem-educada, espaços entre poltronas dos mais dignos e um belo serviço de alimentação a bordo.
 
 
 
 
 
 
Observação: Gostariamos de ressaltar que este artigo não foi feito para trazer receio de voar em aviões mais antigos, já que idade não está ligado diretamente a segurança no mundo aviação como já foi dito aqui (http://www.aeroflap.com.br/com-quantos-anos-os-avioes-comercias-se-aposentam/), mas sim para trazer informações e curiosidades ao nosso público.

This post is available in: pt-brPortuguês