A United Airlines já iniciou as pesquisas para substituir o Boeing 767 em sua frota, que opera há anos na companhia.

O grande motivo dessa manobra da United é a renovação da frota wide-body, a companhia avalia o avião como um pouco velho mas ainda sim confiável para operar por mais um tempo. O presidente da companhia, Scott Kirby, disse que a grande dúvida está rondando em qual aeronave substituirá o 767.

Scott também relatou que a United continuará operando durante um tempo com o 767, porém com o passar dos anos a necessidade de substituir a frota de 767 irá aumentar. A United avaliou o Boeing 787, que a companhia já opera em sua frota, para isso a United precisaria aumentar o número de encomendas do Dreamliner.

Apesar disso a United relatou que os custos de aquisição do Boeing 787-9 são maiores, quando comparado com o 767-300ER, a companhia poderia diminuir através de uma negociação com a Boeing. A United avalia também o A330neo, que tem um custo de operação maior que o Boeing 787, porém a aquisição pode custar menos ao caixa da United, o A330neo também consegue ser mais eficiente que o Boeing 767.

Boeing 787 Dreamliner. Foto – Boeing

A United relatou que utilizou as 19 aeronaves Boeing 787-9 para expandir a sua frota, ao invés de substituir aeronaves que já estão presentes. A United também está revisando a sua encomenda de 35 aeronaves A350-1000, a companhia pode aproveitar para converter uma parte para aeronaves menores, as entregas do A350-1000 iniciam em 2018 para a United.

Recentemente a Delta Air Lines encomendou 25 aeronaves A330-900neo para substituir alguns de seus 767-300ER. O primeiro A330neo só será entregue em 2018 e acumula poucas encomendas, quando comparado com o Boeing 787.

Atualmente a United tem 35 aeronaves Boeing 767-300ER com uma idade média de 22 anos e 16 aeronaves 767-400ERs com idade média de 16 anos em sua frota. Atualmente a companhia tem encomendas para quatro 787-9 e 14 aeronaves 787-10.

A companhia iniciou recentemente um revisão de frota, composta pela substituição do Boeing 747-400 pelo 777-300ER e o Airbus A350-100, a companhia também encomendou algumas aeronaves 787-10 para substituir os 777-200. Após uma conversão de contrato a United trocou encomendas do Boeing 737 NG por 61 aeronaves 737 MAX.

 

Via – FlightGlobal

COMPARTILHAR