A United Airlines lançou sua tarifa econômica básica sem folga em todos os mercados domésticos dos Estados Unidos, assim como afirmou o presidente da companhia, Scott Kirby. A companhia americana já aplicou a nova categoria de tarifa em todos os voos, exceto aqueles para o Alaska e Havaí. De acordo com o presidente, 30% das reservas atuais são na nova classe econômica, representando o sucesso inicial do serviço.

A companhia apelidou esse novo serviço de “Basic Economy”. Esse serviço também proporcionará uma economia de US$ 1,6 bilhões com a nova configuração para as aeronaves, ou seja, a maior disponibilidade de assentos poderá trazer rendimento extra para a United, a companhia também espera economizar US$ 4,8 bilhões em quatro anos, retirando outros serviços.

Passageiro terá direito ao serviço de refeição. Foto – United Airlines

Entre os cortes da United está a limitação para bagagem de mão, o cliente terá direito a um espaço menor dentro da aeronave, além de não poder escolher assento na aeronave e embarcar por último. Os serviços como alimentos, bebidas, entretenimento e Wi-Fi serão mantidos pela United, para concorrer forte com as companhias Low Cost que não oferecem esses serviços para os passageiros.

A American Airlines e a Delta Air Lines também oferecem tarifas econômicas básicas, mas implementaram de forma diferente da United . Por exemplo, ambas podem vendem a Basic Economy em algumas rotas, enquanto a United oferece a Basic Economy em todos os voos, juntamente com tarifas de maior valor. Isso possibilita que o passageiro sempre escolha a tarifa que deseja, e não força o mesmo a voar somente na Basic Economy ou em classes superiores, que têm as tarifas maiores.

 

Via – FlightGlobal

 

This post is available in: pt-brPortuguês