A equipe de demonstração da USAF, os Thunderbirds tiveram o líder da esquadrilha retirado das funções pelas autoridades da Força Aérea Americana. O motivo da retirada do Tenente-Coronel Jason Heard foi devido ao acidente não fatal com um F-16D do time em julho desse ano.

No último dia 30 de novembro, a USAF emitiu um comunicado anunciado à decisão da retirada do então ex-líder dos Thunderbirds alegando “ter perdido confiança em sua liderança e no seu estilo de gerenciamento de riscos”.

Foto – Thunderbirds

O conhecido time demonstração da USAF não pode ficar sem um líder e devido à reiterada de Heard, um substituto temporário está na liderança da esquadrilha até a chegada de um novo líder/comandante.

O acidente ocorreu em 23 de junho de 2017, porém o piloto que estava a bordo não era o então Tenente-Coronel Heard, mas sim o capitão Erik Gonsalves, que na situação antes do acidente realizava um pouso, porém devido às condições meteorológicas do momento e por aeronave vir muito rápida a frenagem não foi possível e o F-16D Falcon acabou por capotar na grama lateral da pista do Aeroporto Internacional de Dayton.

Por se tratar da versão D era uma aeronave biplace (para dois tripulantes), tanto o capitão quanto um membro da tripulação ficaram feridos e o caça teve perda total.

COMPARTILHAR