Desde o início do mês de fevereiro está ocorrendo uma movimentação de caças F-16A/B Fighting Falcon da Força Aérea Venezuela (Aviación Militar Bolivariana da Venezuela), na fronteira com a Colômbia. A movimentação trata-se da Operação Aricagua 01-2018, que visa o aprimoramento da Força de Defesa Aérea do País na região fronteiriça.

Ao todo foram enviados quatro aviões Fighting Falcon, sendo dois monoplace (para um piloto) e dois biplace (para dois pilotos). Os caças são pertencentes ao Grupo de Caça nº 16.



O envio dos caças contou ainda com a participação de cerca de 58 técnicos (mecânicos, pessoal de armamento). A equipe foi abordo da aeronave de transporte de fabricação chinesa, Shaanxi Y-8. 

A movimentação da Operação faz parte dos planos do governo em policiar as regiões de fronteira do país, sendo que a ordem expedida era de até 111 comandos das forças especiais da Venezuela, a serem enviados para região do estado de Táchira, região essa onde está Base Aérea Tática Avançada Buenaventura, onde estão os caças F-16.