Espacial News

Virgin Galactic recebe autorização para testar voos turísticos no espaço

Foto - Virgin Galactic

Richard Branson, presidente da Virgin Galactic, disse que recebeu aprovação federal para retomar os testes em seu avião-foguete. A autorização para retomar os testes foi liberada 20 meses após uma pausa no projeto, causada pelo acidente de 2014, que vitimou um piloto de testes da Virgin.

Em um comunicado à imprensa, a Virgin afirmou que após vários meses de investigação em conjunto com a FAA e uma revisão detalhada do projeto, incluindo análise de projeto do sistema, análise de segurança e trajetória de voo do veículo espacial, o avião-foguete realizou seu primeiro voo com atualização no primeiro dia de agosto. A Virgin Galactic não disse quanto tempo todo o programa de testes pode durar.

Um porta-voz da FAA disse que a licença “contém certos termos e condições”, por exemplo, a empresa é obrigada a cumprir todos os quesitos de segurança antes que possa realizar operações comerciais e “levar os passageiros do voo espacial.”

O acidente de 2014 foi causado por uma falha do co-piloto que se precipitou na separação da SpaceShipTwo com a aeronave de transporte. A Virgin Galactic corrigiu o erro para evitar o desacoplamento fora do momento correto, além de reforçar o treinamento dos pilotos.

Quando o avião-foguete estiver pronto, a Virgin Galactic irá oferecer o “turismo espacial” por um valor de US$ 250000. O voo inclui um breve momento com a gravidade terrestre quase nula e uma visão da Terra através do espaço.

Muito antes do acidente de 2014, a Virgin Galactic enfrentou enormes desafios técnicos e organizacionais, o Sr. Branson previu inicialmente que a sua empresa iria começar a voar com passageiros pagantes para o espaço já em 2007.

About the author

Redação Aeroflap

Redação Aeroflap

Newsletter

[newsletter_signup_form id=1]

Facebook

Em busca de hotel?


Share This