Você sabia que assim como no dia a dia onde você pode contratar os serviços de empresa de aluguel de carros isso também é possível na aviação?  

Sim, isso se chama Charter e funciona quando determinada pessoa ou empresa aluga a aeronave da empresa que oferece esse serviço.

 

Mas afinal como é uma empresa Charter?

Uma empresa charter necessariamente não tem um formato determinado para funcionar, obviamente ela precisa estar regularizada para operar no seu país de origem e para onde deseja voar, fora isso ter sua frota de aeronaves onde a mesma pode ser composta por aviões de 30 ocupantes e até mesmo aviões do tipo wide-body.

Também ela não opera todos os dias e não voa para todos os aeroportos do seu país ou do mundo, podendo oferecer um único voo para determinado destino apenas aquela vez que for contratada.

Avião da Monarch Airlines empresa que faz voos Low Cost e charters no Reino Unido.

Como funciona o serviço? 

O serviço pode ser prestado para qualquer pessoa ou empresa que deseja ser atendida, no entanto é razoavelmente comum empresas de turismo contratarem os serviços da companhias charters porque com esse tipo de serviço o horário do voo fica mais flexível de acordo com o número e desejos dos passageiros.

É possível vender pacotes fechados saindo de uma cidade de acordo com a aeronave utilizada. Caso um A320 com 174 assentos for a aeronave que irá cumprir um voo Charter de São Paulo para Recife, a empresa de turismo terá 174 pacotes de viagem para vender com saída e volta no mesmo dia. Esse realmente é um serviço que presa pela flexibilidade de operação.

Airbus A320 da White Jets, empresa charter famosa no Brasil. que devido as dificuldades financeiras encerrou as atividades em 2014.

Também a personalização do serviço como a equipe de comissários, que tem maior controle sobre os passageiros daquele voo (já que será especificamente aquele voo com o mesmo número de passageiros que companhia tem que lidar naquele momento), maior personalização do serviço, podendo alterar as cores dos assentos a bordo e o menu das refeições.

Geralmente companhias aéreas que fazem voos regulares, como a LATAM, GOL e Azul, também operam em regime Charter para atender à demanda turística na alta temporada e aproveitar para utilizar as aeronaves de reserva que ficam paradas.

 

Sai muito caro?

Isso claro vai depender da empresa que está sendo contratada e o que ela oferece, aviões maiores e mais robustos como o Boeing 767 ou Boeing 777 são muito mais caros do que contratar um A320 ou 737.

Tufly companhia famoso também pelos voos charters.

Existem aeronaves específicas para este ramo?

Depende, curiosamente o modelo Boeing 757-300 acabou se tornando o queridinho de algumas dessas empresas desse ramo devido a sua grande capacidade de passageiros (289 aproximadamente – podendo variar) e a sua eficiência no gasto de combustível.
Isso não anula o fato que qualquer modelo, de qualquer outra fabricante, possa pertencer a frota de uma companhia Charter, no entanto os mais comumente vistos também são os Airbus A320/A321, Boeings 767 e 757 e algumas empresas operam modelos mais antigos como o A300/A310.

 

Polêmica da LAMIA:

Recentemente o Brasil se espantou quando um avião da empresa LAMIA caiu na Colômbia matando mais 70 pessoas que iam na delegação do time chapecoense, polêmicas envolvendo o falecido piloto/sócio da companhia que aparentemente cometeu erros graves que ceifou várias vidas e assustou a nação.

BAe 146 da Lamia.

Isso de certa forma acabou manchando a reputação do segmento Charter deixando subentendido que esse tipo de seguimento não teria a devida regulamentação ou exigências de seguranças. Longe disso!

Os voos charter estão a anos seguidos fazendo a alegria de muitas pessoas e prestando serviços ao mais variado público que vai desde empresas de turismo e até mesmo companhias aéreas em situações de emergências ou programadas, ou pessoas físicas, como a cantora Beyoncé que veio para o Brasil em turnê com sua equipe em 2013 através de um Boeing 767 operado por uma empresa charter.

 

COMPARTILHAR
Igor Danin

Estudante , sou da Aeroflap desde novembro de 2013 e acompanhei o crescimento e sucesso da página desde o início antes de me tornar adm, e agora que faço parte da equipe cresço junto com o site.