A WestJet, uma companhia aérea do Canadá, anunciou ontem (02/05) um acordo de compra com a Boeing que pode render em até 20 aeronaves Boeing 787-9 Dreamliner. Este acordo inclui um pedido firme para 10 aeronaves Boeing 787-9, que serão entregues entre 2019 e 2021. Além disso está incluso um adicional de 10 aeronaves, através de opções de compra. Todas motorizadas com o GE GEnx-1B.

Caso a companhia optar por inserir mais aviões esses seriam entregues entre 2020 e 2024. As aeronaves serão utilizadas para “executar um plano estratégico da companhia, que planeja realizar voos internacionais com o 787 para o Havaí e Londres em breve”, de acordo com Gregg Saretsky , presidente e CEO da WestJet.



“Esta encomenda representa um novo capítulo emocionante na história da WestJet”, completou  Gregg.

Além desse contrato a WestJet ainda anunciou que irá colocar mais 15 aeronaves Boeing 737 MAX 8 em sua frota, ao converter uma opção de compra anterior para uma encomenda firme. Essa conversão parte de uma encomenda para 65 aeronaves 737 MAX que a companhia realizou em 2013.