18 horas: Singapore retoma voo mais longo do mundo para Nova York

A Singapore Airlines está retomando os voos para Nova York a partir do próximo mês. Vale ressaltar que este é o voo mais longo operado atualmente.

Essa rota está prevista para ser reiniciada no dia 09 de novembro, a companhia fez apenas uma alteração no destino. Ao invés do Aeroporto de Newark, a Singapore voará para o Aeroporto John F. Kennedy (JFK).

O voo mais longo do mundo é operado com o Airbus A350-900, o voo tem origem no Aeroporto Changi, em Cingapura, e tem como destino final o Aeroporto JFK, em New York. A Singapore vai retomar este voo com frequência de 3 vezes por semana, sempre sem escalas.

O voo SQ24 será operado as segundas, quartas e sábados com partida de Changi às 02h25 (hora local) e com previsão de chegada ao JFK às 07h30 (hora local). O voo de volta SQ23 tem previsão de saída às 22h30 (hora local) e chegando em Cingapura às 06h30 (hora local). O tempo total de voo é estimado em 18 horas e 5 minutos.

O A350 da Singapore tem uma configuração bem confortável de 42 passageiros na Classe Executiva, 25 na Econômica Premium e 187 na Econômica. Além do conforto, a aeronave vai ter um papel importante nesse que é o voo mais longo do mundo. O transporte de cargas vai ser um fator importante para a rota se manter viável e gerar boas receitas.

O vice-presidente executivo da Singapore, Lee Lik Hsin ressaltou que a reativação da rota foi fundamental para a malha global da companhia aérea. Lee disse que espera uma baixa demanda ainda de passageiros mas que vai ser compensado com o grande volume de cargas que será transportado. 

Este será o segundo voo da Singapore para os EUA. Atualmente a companhia já conta com um voo sem escalas de Cingapura para Los Angeles.


DEIXE UMA RESPOSTA