Base Aérea no Japão recebe exercício Elephant Walk com 31 caças

Caças realizam um Elephant Walk em base aérea no Japão- Foto: USAF

Ao menos 31 caças participaram de um exercício Elephant Walk, a partir da base aérea de Misawa, Japão. O exercício aconteceu na manhã de hoje (horário local), e rendeu belas imagens das aeronaves.

Entre os caças que participaram, tinham 12 F-16CM da Força Aérea dos EUA, 12 caças furtivos F-35A da JASDF (Força de Alto de Defesa do Japão), dois EA-18G Growlers da Marinha dos EUA, duas aeronaves USAF MC-130J e P-8 Poseidon também da Marinha dos EUA.

Foto: USAF

“O objetivo deste exercício era executar um aviso rápido, implantação e geração em estilo de execução de combate ágil”, disse o major Brannan Studley, 35º diretor de inspeções de asas do Fighter Wing em um comunicado público. “Aprendemos muito, aperfeiçoamos nosso treinamento e demonstramos que estamos prontos para lutar, o que é ainda mais crítico no meio das operações do COVID-19”. Este exercício e demonstração tocaram todas as cinco missões principais da Força Aérea: Superioridade Aérea e Espacial, Ataque Global, Inteligência, Vigilância e Reconhecimento, Mobilidade Global Rápida e Comando e Controle”.

Pode-se notar que os caças F-16 estão armados com mísseis AGM-158 JASSM, esses armamentos usa sua navegação inercial e GPS (sistemas de posicionamento global) para localizar o alvo inimigo.

Um exercício Elephant Walk ocorre quando a maioria ou todos os caças de uma unidade aérea saem para uma operação em massa. O exercício serve para deixar em prontidão os pilotos em uma real situação que necessite de uma decolagem em massa das aeronaves, além é caro, de deixar uma mostra de poder bélico.

Fonte de apoio: The Aviationist/ Edição: Aeroflap

DEIXE UMA RESPOSTA