Foto - Aeroporto de Natal

Pelo segundo trimestre consecutivo, o Aeroporto de Natal foi eleito por seus usuários o melhor Terminal aeroportuário com capacidade de fluxo de até cinco milhões de passageiros por ano. O levantamento foi realizado pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil e avaliou o último trimestre do ano passado.

O Aeroporto de Natal foi também o mais bem avaliado entre os terminais aéreos nordestinos, obtendo 4,48 na nota geral de satisfação, de um total de 5 pontos. Em relação à última pesquisa feita pelo ministério, houve um crescimento.

Nos quesitos avaliados, o Terminal potiguar teve desempenho bastante positivo em critérios como a limpeza geral do Aeroporto, facilidade do desembarque no meio-fio, a confiabilidade da inspeção de segurança, a disponibilidade e limpeza de sanitários e a sensação de segurança nas áreas públicas do Terminal.

Na área internacional do Aeroporto de Natal as avaliações também foram animadoras. Para os mais de 1.600 passageiros consultados, o tempo de restituição da primeira bagagem de voos internacionais foi o menor do país. O indicador apontou um tempo de 8 minutos, metade do tempo médio registrado em todos os 20 aeroportos considerados na pesquisa. Em voos domésticos operados em Natal, este indicador cai para seis minutos, quatro mais rápido que a média dos terminais aéreos avaliados.

No Aeroporto de Natal não foram registradas filas na aduana quando os passageiros alegam não possuir produtos a declarar. Em 31% dos Aeroportos avaliados pelo Ministério dos Transportes foram registradas ocorrências de aglutinação de passageiros. A Inframerica investiu mais de R$ 600 milhões no Terminal ao longo dos últimos anos.