50 anos do primeiro voo do icônico cargueiro russo Ilyushin Il-76

IL-76 completa 50 anos- Foto: ROSTEC

Ontem, dia 25 de março, completou-se 50 anos do primeiro voo do clássico avião cargueiro russo Il-76, o voo inaugural aconteceu no campo de pouso em Khodynskoye Pole, Moscou, em março de 1975.

“ Passou meio século e o Il-76 tornou-se um ‘especialista’ verdadeiramente multidisciplinar: é o chamado ‘plano das cem profissões’. Pode operar como aeronave militar, bombeiro, transporte de carga, petroleiro, salvador, laboratório de voo, complexo de medição, aeronave de reconhecimento, hospital de voo, treinador aeroespacial, explorador polar, etc. É conhecido em todo o mundo e é operado por companhias aéreas civis e pela Força Aérea de mais de 30 países, sendo que a maior frota dessa aeronave, é claro, está na Rússia, postou a Rostec em seu Facebook.

Em meio a meio século de vida, foram fabricadas cerca de 960 unidades e em mais de 20 variantes, a aeronave se destacou pela sua performance, operando em ambientes desde o Himalaia a operações reais no Afeganistão.

Il-76MD-90A, recebendo o “batizmo”- Foto: UAC

As aplicações dos IL-76 são múltiplas, vão desde o transporte das mais variadas cargas, até missões de Revo (IL-78 baseado no IL-76) e de AWACS (alerta aéreo aproximado).

Hoje o legado do IL-76 continua com o  Il-76MD-90A, a versão modernizada da aeronave que voou em 1975, na configuração atual foram instalados novos aviônicos, novos motores e a capacidade de carga foi ampliada, fazendo com que a aeronave leve quase o dobro do primeiro exemplar.