Ele é o aeroporto com maior tráfego da Europa, seus terminais cobrem 180 destinos em mais de 90 países e, durante três anos consecutivos, foi eleito pelos passageiros como o Melhor Aeroporto da Europa Ocidental. Mas não basta: Heathrow quer continuar a se superar

 

O mais bem conectado

Em outubro de 2016, o governo britânico declarou seu apoio à ampliação de Heathrow. Com 40 novos destinos, o projeto fará do Reino Unido o país mais bem conectado da Europa. Duplicação da capacidade de carga, construção de uma terceira pista e aumento de conexões domésticas serão algumas das novidades.

 

Líder em sustentabilidade

Heathrow 2.0 é a nova estratégia de sustentabilidade do aeroporto, com a qual pretende converter-se em líder mundial na entrega de aviões sustentáveis. Para isso, registrará em uma tabela trimestral as emissões e sons das companhias aéreas. O objetivo é reconhecer o bom desempenho, oferecer um respaldo às companhias aéreas e incentivar o uso de aeronaves mais silenciosas e menos poluidoras.

Foto – LATAM/Divulgação

Recorde de audiência

6,76 milhões de passageiros transitaram por Heathrow em junho de 2017 (2,3% mais que no mesmo mês em 2016), o que contribuiu para chegar na marca dos 77 milhões de pessoas nos últimos 12 meses. Também foi batido o recorde diário: 259.917 passageiros voaram no dia 30 de junho.

 

Miniexplorador

As crianças que passam por Heathrow também poderão bater recordes, uma vez que Little Miss Explorer e Mr. Adventure lançaram o aplicativo Around the World. Com ele, os pequenos ajudam os personagens a encontrar cinco emblemas que estão escondidos nos terminais.

Foto – LATAM/Divulgação

O mais fitness

Heathrow conta com um centro de bem-estar e fitness, localizado depois do controle de segurança, à saída do terminal 2: o FlyFit ajuda a aliviar o jetlag e as dores corporais com aulas particulares de ioga e exercícios aeróbicos. E o equipamento? Não se preocupe: o estabelecimento fornece roupa adequada, ducha e alimentos saudáveis.

 

A maior obra de arte

Setenta toneladas e 77 metros de comprimento é o que pesa e mede Slipstream, a maior peça de arte da Europa, que se encontra à saída do terminal 2. Do célebre escultor britânico Richard Wilson, foi construída em 2014 e sua forma cilíndrica e curvada representa o rastro que deixam os aviões quando fazem piruetas.

 

Via – LATAM/Sofía Merino