Foto: Divulgação / Aeroporto de Brasília

O presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), Eduardo Sanovicz, participou na quarta-feira (9) do Fórum Nacional de Secretários Estaduais e Dirigentes do Turismo (Fornatur). O evento aconteceu de forma híbrida, com a participação presencial de alguns secretários em Goiânia (GO) e outra parte por meio de videoconferência.

Sanovicz conversou com os secretários por videochamada. Na pauta, o cenário da aviação comercial brasileira nesta pandemia e a importância das políticas de redução de alíquotas de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no setor, sobretudo sobre o combustível de aviação nos estados.

“As políticas de diminuição de alíquota foram essenciais nesta pandemia, tendo em vista a alta do dólar e a redução dos voos. Em abril ficamos com apenas 8% da frota das empresas operando”, disse Sanovicz, salientando que neste fim de ano o querosene de aviação (QAV) está cerca de 35% mais caro do que no início de 2020.

“No entanto, temos alguns convênios importantes neste tema que precisam ser renovados, já que deixam de valer em março de 2021. Peço o apoio de vocês para que discutam este tema com as secretarias de Fazenda de cada estado”.

O presidente da ABEAR também adiantou para os participantes alguns temas que serão destaque na agenda do setor aéreo em 2021, como o fomento à aviação regional e ações para estimular viagens aéreas. “Precisamos do apoio de vocês para estimular debates a respeito desses assuntos”, afirmou.

Via: ABEAR

DEIXE UMA RESPOSTA