Groud Handling Aeroportos
Foto - Divulgação

No primeiro dia de julho foi assinado contrato de parceria entre a ABESATA (Associação Brasileira das Empresas de Serviços Auxiliares do Transporte Aéreo) e o Grupo Ânima Educação.

O acordo propiciará descontos que variam de 20% a 50% aos associados e dependentes nos cursos de Graduação e Pós-Graduação em quaisquer das Universidades pertencentes ao grupo educacional.

O grupo educacional Ânima está presente em 12 estados brasileiros e reúne mais de 25 marcas e um instituto. Criado em 2003, hoje conta com mais de 320 mil alunos, possuindo no seu portfólio instituições tradicionais, como a Universidade Anhembi-Morumbi, em São Paulo, que conta com o único curso de graduação de Aviação Civil e ainda uma Pós Graduação em Segurança de Voo e um MBA em Gestão de Aviação Civil. 

Ressalta-se também a possibilidade de se implementar entre as duas Instituições o projeto de Unidades Curriculares Duais nos quais a Academia é levada a entrar em contato com o mercado.

“O grande objetivo da parceria é aproximar nossos alunos do mercado de trabalho, oferecendo às empresas associadas da ABESATA a possibilidade de trazerem problemas e desafios do dia a dia para estudos de caso. Através de um programa interno, reunimos professores e alunos para que estudem desafios de mercado e proponham soluções acadêmicas, sem qualquer custo para as empresas, propiciando assim aprendizado para os futuros profissionais”, disse Alexandre Faro, coordenador do Curso de Aviação Civil da Universidade Anhembi-Morumbi. 

Para Ricardo Miguel, Presidente da ABESATA, o maior benefício do acordo com a Ânima está na presença das instituições de ensino em diversas partes do Brasil, permeando todas as áreas do saber, o que permitirá que trabalhadores de outras bases, além do eixo Rio-São Paulo e Brasília, possam investir em capacitação e crescimento profissional.

“Vislumbramos também a possibilidade futura de criar programas de capacitação customizados para o segmento de ground handling, que se encontra em constante transformação tecnológica.”

Mais informações em www.abesata.org