MiG-21 Bison da Força Aérea Indiana.

A Força Aérea Indiana perdeu mais um de seus caças Mikoyan-Gurevich MiG-21 Fishbed. A aeronave caiu por volta das 17h30 local (09h00 pelo horário de Brasília) logo após decolar da Estação Aérea de Uttarlai, em Barmer, no noroeste do país. Este é o quarto acidente com um MiG-21 indiano apenas em 2021. 

Em seu Twitter, a IAF informou que o jato sofreu uma falha técnica logo após decolar para um voo de treinamento, com o piloto ejetando-se da aeronave em segurança. A queda do avião já está sendo investigada por um Tribunal de Inquérito. 

Dois pilotos de MiG-21 morreram neste ano. Em maio, o Squadron Leader Abhinav Choudhary faleceu quando o caça que ele pilotava caiu na vila de Langiana Khurd, perto de Moga, no estado de Punjab, na fronteira com o Paquistão. Em março, o Group Captain Ashish Gupta não conseguiu ejetar do seu MiG-21, perdendo a vida logo após decolar para uma missão de treinamento. 

O caça de origem soviética construiu uma certa infâmia por conta da quantidade de acidentes que se envolveu. O site Cavok Brasil, citando o Ministério da Defesa Indiano, diz que mais de 400 MiG-21 indianos caíram desde os anos 70. A IAF possui cerca de 130 caças MiG-21 em sua frota, que deverão ser substituídos pelo HAL Tejas. 

DEIXE UMA RESPOSTA