Foto - Embraer

As ações da Embraer (EMBR3) fecharam em alta nesta terça-feira (26/02), depois que uma reunião entre acionistas da empresa resultou na aprovação do acordo de Joint-Venture com a Boeing.

A maior alta do dia foi registrada às 10h45, quando as ações da empresa foram negociadas ao preço médio de R$ 20,24, a Bovespa fechou às 17h00 com as ações da Embraer acumulando uma valorização de 2,16%, cotadas a R$ 19,82.

 

A Reunião Extraordinária

Na reunião especial, 96,8% de todos os votos válidos foram favoráveis à transação, com a participação de aproximadamente 67% de todas as ações em circulação. Os acionistas aprovaram a proposta que estabelecerá uma joint-venture composta pelas operações de aeronaves comerciais e serviços relacionados da Embraer. A Boeing deterá 80% da nova empresa e a Embraer os 20% restantes.

A transação avalia 100% das operações de aeronaves comerciais da Embraer em US$ 5,26 bilhões e contempla um valor de US$ 4,2 bilhões pela participação de 80% da Boeing na joint-venture.

Os acionistas da Embraer também aprovaram a criação de uma joint venture para promover e desenvolver novos mercados para o avião multimissão KC-390. Sob os termos da parceria proposta, a Embraer deterá 51% das ações da joint venture e a Boeing, os 49% restantes.

A conclusão do negócio está sujeita a aprovações junto a autoridades reguladoras e a outras condições pertinentes à conclusão de uma transação deste tipo, marcos que a Boeing e a Embraer esperam alcançar até o final de 2019.