Acordo de resgate da Virgin Atlantic deverá ser concluído ainda nesta semana

Virgin Atlantic

A Virgin Atlantic deverá ter essa semana, a conclusão sobre seu resgate diante do governo britânico. O acordo de resgate está estimado em US$ 1,6 bilhão (1,2 bilhão de libras) que visa garantir o futuro e a sobrevivência da companhia diante da crise do Covid-19. 

Isso agora é possível depois que um Juiz de Londres autorizou o plano de restruturação da Virgin em uma audiência hoje(02/09). A aprovação do juiz vem após os credores também aprovarem em assembleia na semana passada o plano de restruturação.

“Isso permitirá que você torne este plano efetivo até sexta-feira”, disse o Juiz Ricardo Snowder. 

A Virgin tem uma participação acionaria no controle de 51% do Virgin Group e 49% da Delta Airlines. A empresa foi obrigada a cortar a base de Gatwick e cortar cerca de 3.500 postos de trabalho, afim de tentar equilibrar um pouco as contas e os gastos.

“Alcançar esse marco significativo, coloca a Virgin Atlantic em uma posição para reconstruir seu balanço, restaurar a confiança do cliente e receber os passageiros de volta com segurança assim que estiverem prontos para voar novamente”, disse um porta-voz da Virgin.

 

DEIXE UMA RESPOSTA