A Adria Airways entrou hoje (30/09) com um processo de falência no Tribunal Distrital de Kranj, após um processo de recuperação judicial realizado sem sucesso.

A companhia também cumpriu hoje seu último voo, indo de Paris para Ljubljana, transportando a equipe masculina de vôlei da Eslovênia com um CRJ-900. Após essa operação, a empresa declarou todas as suas operações encerradas e canceladas, devido ao processo de falência.

O tribunal terá três dias para decidir iniciar o processo de falência, onde os bens da empresa serão vendidos para o pagamento de credores e trabalhadores.

A administração da Adria Airways procurava cerca de 4 milhões de euros, em financiamentos ou fundos de investimento, para continuar as suas operações. No total a companhia tem 20 aviões em sua frota, faz parte da Star Alliance e transportou cerca de 1,2 milhões de passageiros em 2018. Sua fundação foi em 1961.

O governo esloveno já se recusou publicamente a socorrer a companhia aérea, enquanto a Lauda Air ofereceu emprego para os 550 funcionários, caso a companhia venha à falência.

O Governo da Eslovênia já trabalha para desenvolver uma nova companhia aérea nacional, com finalidade de melhorar a ligação da Eslovênia com outros países da Europa.

DEIXE UMA RESPOSTA