Aeromexico antecipa volta do 737 MAX em 3 dias

Foto - Boeing

A Aeromexico anunciou hoje (18/12) que vai antecipar em 3 dias o retorno de seus Boeings 737 MAX as operações. Com isso a companhia se torna a segunda empresa no mundo a retomar voos com o modelo. 

Em um comunicado, a companhia anunciou que a primeira rota de retorno do 737 MAX será entre Cidade do México e Cancún. Essa é a rota mais lucrativa da empresa segundo o comunicado, outras cidades como Guadalajara, Monterrey e Tijuana também deverão receber em breve voos com o 737 MAX.

A companhia está sendo estratégica em colocar as aeronaves em operação apenas no mercado doméstico. A Aeromexico está atrás em relação a capacidade com relação as concorrentes Viva Aerobus e Volaris. 

Segundo o comunicado, o 737 MAX, pode proporcionar uma viagem com 40% menos ruído e mais baixo em emissões de carbono na atmosfera. Somado a isso, está também a economia em 14% de combustível em relação a outras aeronaves da frota. 

“Ele voa 20% mais longe e reduz seu custo operacional em 10%, em comparação com outras aeronaves”, disse a Aeromexico.

Na frota atual, a empresa possui 6 Boeings 737 MAX 8 com encomendas para mais 84 aeronaves. Há cerca de 3 737 MAX 8 para serem entregues a companhia além de 4 737 MAX 9. No total são 107 aeronaves, sendo os 737 MAX com 5 Boeings 737-700, 30 Boeings 737-800, 47 Embraer 190 e 19 Boeings 787.

Com relação ao treinamento, a Aeromexico disse que seus pilotos concluíram o treinamento sob avaliação e aprovação das autoridades mexicanas. Reforçou ainda todo o trabalho feito em conjunto com a FAA, Boeing e a Autoridade de Aviação Civil Mexicana. 


“Como piloto, tenho muito orgulho de pilotar novamente um dos aviões mais eficientes, modernos, verdes e seguros do mundo. Nossos pilotos, técnicos e staff estão prontos para voar e reconhecemos o trabalho minucioso realizado pela AFAC para garantir a operação segura”. Disse Pablo Aram Aznaruvian, Vice-Presidente de operações.

DEIXE UMA RESPOSTA