O Comac C919 está prestes a realizar seu primeiro voo. O projeto do jato chinês que planeja concorrer com o Boeing 737 e o Airbus A320 foi apresentado oficialmente em 2015, quando a aeronave fez o roll out, depois disso o projeto passou por extensos testes em solo com o primeiro protótipo do C919.

Agora de acordo com Philippe Petitcolin, presidente da Safran, a Comac pode realizar ainda em abril o primeiro voo do C919, relatou o presidente da Safran, uma fornecedora da Comac, para a Bloomberg.

O seu tamanho é bem semelhante com o A320 da Airbus, medindo 38,9m de comprimento, 35.8 metros de asa, altura de aproximadamente 12 m e largura de cabine de 3,9 metros. Isso é combinado com uma velocidade de cruzeiro de 830km/h, alcance de 5500 na versão All-ECO e teto de serviço de 40 mil pés. No geral está disposto 3 versões para compra que alcança de 156 passageiros até 174 quando em configuração de 1 classe com alta densidade, concorrendo com o A320neo e o Boeing 737-7MAX,

Seu número total de encomendas é de 566 fixas vindo de 21 clientes, em sua maioria operadores na China, por conta dos incentivos do governo e bancos estatais.

O projeto era para ter sido finalizado em 2014, porém vários atrasos prolongaram o programa de desenvolvimento da aeronave. A primeira aeronave destinada para um cliente deverá iniciar suas operações em 2019.