Foto - REUTERS/China Daily

Uma aeronave da Força Aérea Chinesa entrou sem autorização no espaço aéreo da Coreia do Sul, nesta última quarta-feira dia, a informação partiu das autoridades sul-coreanas.

Assim que a aeronave foi identificada pelos radares de vigilância da Força Aérea Sul Coreana, a força deslocou mais de 10 caças F-15K para interceptarem e monitorarem a aeronave invasora. De acordo com as informações vindas da Coreia, todo um contato via rádio foi feito com a tripulação do avião chinês.

A aeronave chinesa pode ter sido um ELINT da família Shaanxi Y-8, usada para missões de reconhecimento, e de fabricação chinesa.

Não é a primeira vez que ocorreu uma invasão do espaço aéreo sul-coreano por aeronaves da China. No início deste ano situações semelhantes aconteceram.