Nesta sexta-feira (15), duas aeronaves KC-390 Millennium, operadas pelo Esquadrão Zeus (1° GTT), realizaram missões de apoio à Operação COVID-19. A primeira decolou de Recife (PE) para Manaus (AM), transportando 8,5 toneladas de material hospitalar, camas, tendas, geradores e barracas.

A segunda decolou da Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro (RJ), com 11 toneladas de insumos hospitalares e um gerador. Após o carregamento, seguiu para Manaus (AM), onde pousou durante a tarde de hoje.

Também nesta sexta-feira, uma aeronave C-130 Hércules, operada pelo Esquadrão Gordo (1º/1º GT), decolou da Base Aérea de São Paulo (BASP), em Guarulhos (SP), também com destino a Manaus, com seis tanques de oxigênio líquido. 

As aeronaves da FAB estão em contínuo apoio à sociedade brasileira com transporte aéreo logístico, estando à disposição do Ministério da Defesa, e intensificaram as missões relacionadas à crise de saúde encontrada na capital amazonense em função da pandemia de COVID-19.

O Comandante da aeronave KC-390 Millennium, Capitão Aviador Douglas Leonardo Marciano, falou do objetivo da missão. “Estamos transportando insumos diversos que darão suporte na estrutura do Hospital de Campanha em Manaus e atenderá a pacientes com a COVID-19”, disse.

Também tripulante do avião KC-390, o Sargento Luiz Cláudio Lima Correa é mecânico da aeronave e destacou o envolvimento de tantos militares na missão.

“A Força Aérea foi requisitada para dar apoio à sociedade e nós estamos aqui cumprindo a missão. Seria injusto dizer que apenas os militares presentes hoje estão envolvidos nesta tarefa, pois todo o Esquadrão está disponível, como as equipes de manutenção, administração e logística. Estamos sempre prontos para servir”, disse.


O Capitão Aviador Arthur Souza Rodrigues da Costa, Comandante da Aeronave C-130 Hércules, falou da missão.

“Nós da Força Aérea, tripulantes, equipes de solo e manutenção, estamos trabalhando 24 horas por dia, oferecendo o nosso máximo para aliviar a crise que vivemos hoje. Voamos e trabalhamos na certeza que cada minuto do nosso esforço significará a redução do sofrimento de alguém”, disse.

O Comando da Aeronáutica está dedicando permanentemente o esforço do seu efetivo e de suas aeronaves 24 horas por dia e 7 dias por semana em atendimento às necessidades da sociedade brasileira no enfrentamento à pandemia da COVID-19.

A FAB tem atuado na Operação COVID-19, realizando missões de transporte em todo o território nacional, as quais foram intensificadas recentemente para a cidade de Manaus. O transporte aéreo exige uma logística complexa e que, durante o período de pandemia, envolve o trabalho coordenado de diversos órgãos.

Nos dias 8 e 10 de janeiro, a FAB transportou mais de 24 toneladas de cilindros de oxigênio para Manaus (AM), por meio do C-130 Hércules. No dia 13, a aeronave KC-390 Millennium transportou mais de oito toneladas de equipamentos para Manaus; e no dia 14, duas aereonaves C-130 Hércules transportaram mais de 18 toneladas de cilindros de oxigênio líquido, sendo que cada aeronave  transportou seis tanques.

A soma das missões de transporte de tanques de oxigênio, nos dias 14 e 15 de janeiro, totaliza 18 tanques, o que significa, aproximadamente, 1.400 cilindros de oxigênio (7m3). Todos os equipamentos e insumos se destinam a hospitais para o combate ao novo Coronavírus em Manaus. 

 

Operação COVID-19

Proteger os cidadãos é uma das funções precípuas das Forças Armadas. Nesse intuito, o Ministério da Defesa, a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira enfrentam, juntos, a pandemia de COVID-19 no País.

A Operação ocorre em um espaço territorial de grandes proporções, nas 27 unidades federativas, com características e necessidades diferentes e com uma população de cerca de 210 milhões de pessoas.

As ações envolvem descontaminação de espaços públicos, doações de sangue, transporte de medicamentos e equipamentos de saúde, higienização de lugares públicos, dentre outras. 

Na execução dessas atividades, os militares atuam organizados em dez Comandos Conjuntos que cobrem todo o território nacional, bem como no Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE). Esses Comandos reúnem militares das três Forças, que desenvolvem esforços no cumprimento das missões.

Acompanhe a página especial sobre a atuação da FAB na Operação COVID-19.

 

Fotos: Capitão Silva / Ala 1; Tenente Dantoniele e Soldado Moré da Silva / Ala 8, Soldado Siqueira/BASP

Via: Força Aérea Brasileira

DEIXE UMA RESPOSTA