O Aeroporto Internacional de Belém/Val-de-Cans (PA) registrou, em abril, recorde na movimentação de passageiros. Foram mais de 268 mil viajantes transportados no mês, aproximadamente 9 mil pessoas por dia – é a melhor marca dos últimos três anos.

No comparativo, o número de passageiros foi 5,4% superior ao volume contabilizado em abril de 2018, que teve 254 mil embarques e desembarques realizados. Em 2017, o aumento foi de 9%, e em 2016, a alta foi ainda maior, cerca de 19% no total de operações.

O balanço positivo também pode ser percebido na análise isolada do acumulado do primeiro quadrimestre, que superou, com 1,13 milhão de passageiros, o movimento operacional alcançado no mesmo período dos anos anteriores: 5,4% em 2018 e 1,07 milhão de pessoas transportadas; 0,72% em 2017, com 1,12 milhão de processamentos; e 10,2% em 2016, com 1,02 milhão de viajantes contabilizados.

O superintendente de Val-de-Cans, Fábio Rodrigues, destaca que este é o 4º mês consecutivo de evolução no fluxo de passageiros do terminal belenense.

“Este incremento se deve à consolidação da malha aérea paraense e à confiabilidade dos operadores aéreos na nossa infraestrutura. Esperamos manter essa linha de crescimento e movimentar pelo menos 3,6 milhões de pessoas até o final do ano, com alta de 5% em relação o ano passado”, declarou Fábio.

De acordo com o gestor, os resultados demonstram o potencial para expansão das operações em Belém. “Este é o resultado do trabalho, do empenho e da dedicação de todos aqueles que se envolveram com a ampliação e excelência das operações nos últimos anos, desde os funcionários da Infraero, passando pelas empresas aéreas, concessionários e comunidade local”, afirmou.

Para promover a evolução contínua dos serviços prestados aos passageiros, a Infraero realiza constantemente uma série de melhorias em seus aeroportos. Entre as ações adotadas nos últimos cinco meses em Val-de-Cans, destacam-se: a inauguração de 5 novas lojas; 14 voos semanais; novo canal de inspeção doméstico; revitalização do sistema de climatização; wi-fi gratuito por até uma hora; a entrega da obra na pista secundária; e as novas estratégias de serviço com a criação do Selo Infraero de Compromisso no segmento de alimentação e a redução do valor cobrado na primeira hora do estacionamento do aeroporto.

Com capacidade para receber até 7,7 milhões de passageiros por ano, operam diariamente, em Val-de-Cans, uma média de 100 voos comerciais regulares, de sete companhias aéreas – Avianca, Azul, Gol, Latam, MAP, Surinam e TAP. As rotas interligam Belém a diversos destinos brasileiros – Guarulhos (SP); Recife (PE); Brasília (DF); Macapá (AP); Altamira, Marabá e Santarém (PA); Rio de Janeiro (RJ); Confins (MG); Manaus (AM); Fortaleza (CE); São Luís (MA); Cuiabá (MT). Já os voos internacionais ligam a capital paraense à Europa, aos Estados Unidos, ao Suriname e à Guiana Francesa.