A Inframerica, administradora do Aeroporto de Brasília, estima para o mês de dezembro um fluxo de aproximadamente 1,6 milhão de passageiros, movimento 4% maior que o registrado no mesmo período de 2017. 

Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a alta temporada de verão terá início em 17 de dezembro e se estende até o dia 6 de janeiro de 2019.

Por conta das festividades de final de ano e a posse presidencial, estão previstos 118 voos extras para o último mês de 2018.  A movimentação aérea deve ser de 11.225 pousos e decolagens.

Os dias de maior fluxo de passageiros devem ser 20, 21, 27 e 28 de dezembro, vésperas das comemorações de Natal e Ano Novo. A Inframerica calcula para as datas um movimento diário de aproximadamente 60 mil passageiros para os dias 20 e 21 e aproximadamente 55 mil passageiros para os dias 27 e 28. As regiões mais procuradas são Nordeste e Sudeste do país.  O movimento internacional também deve aumentar. A expectativa é de 4 mil embarques e desembarques entre os dias 20 e 22.

O Aeroporto de Brasília é um dos maiores centros de conexão do Brasil e liga 44% dos seus passageiros a outras regiões do país. Para a alta temporada, o Aeroporto contará com reforço nas equipes de atendimento ao cliente, operações e segurança, que trabalharão em regime de escala e plantão. Este reforço visa garantir a segurança de passageiros e funcionários.

Foto – Aeroporto de Brasília/Divulgação

Para quem for viajar, a Inframerica recomendou que cheguem com pelo menos 1h30 de antecedência para voos nacionais e 2h30 para internacionais. Além disso, para agilizar o andamento dos processos na fila de raio-x, o passageiro deve retirar todos os objetos metálicos que estiver carregando – cintos, relógios, chaves, moedas e celulares. Tablets e laptops também devem ser retirados de malas e mochilas e depositados nas caixas plásticas. O tempo médio de espera na fila do canal de inspeção em Brasília é de aproximadamente um minuto, sendo a mais ágil do Brasil, segundo pesquisa recente realizada pelo Ministério dos Transportes.

Vale lembrar que alguns itens são proibidos na bagagem de mão, como objetos cortantes ou perfurantes, líquidos e inflamáveis. Para evitar o descarte dos objetos no canal de inspeção, transporte-os em sua bagagem despachada.

Outra dica importante é sobre a quantidade, volume e peso de bagagens de mão. Confirme com a sua companhia aérea as regras para não precisar despachar a bagagem quando estiver embarcando. Este processo pode atrasar o voo.

Veja outras informações importantes para ter uma viagem tranquila:

  • Os horários de pousos e decolagens podem ser acompanhados pelos monitores espalhados pelo terminal, pelo siteou pelo aplicativo do Aeroporto.
  • Todos os passageiros devem portar documento original com foto para
  • A Inframerica lembra que os objetos esquecidos e perdidos no aeroporto são enviados ao “Achados e Perdidos”. A sala fica localizada próximo ao balcão de pagamento de estacionamento, de segunda a sexta-feira, de 7h às 23h (intervalos: das 12h às 13h e das 19h às 20h). Após este horário, buscar atendimento no balcão de informações. O telefone de contato é o 3214-6109. Objetos esquecidos dentro das aeronaves são de responsabilidade das companhias aéreas.
  • Malas e bagagens de mão devem estar sempre acompanhadas de seus donos. Por motivos de segurança, não deixe seus pertences desacompanhados.
  • O conteúdo das malas é de responsabilidade do passageiro. Fique atento, pois transportar objetos de terceiros pode ser um risco.
  • Em caso de dúvidas, procure os funcionários da Inframerica no balcão de informações ou utilize nossos aerofones​.
  • Ao optar por transporte por aplicativo ou táxi, preste atenção ao embarcar​. O serviço de táxi possui uma área própria e credenciada para o serviço no Aeroporto. Motoristas de aplicativo não abordam passageiros, as corridas devem ser feitas pelo sistema da empresa em seu celular. Confira a placa e o nome do condutor do veículo antes de entrar no carro.