Foto - Infraero/Reprodução

A movimentação no Terminal de Logística de Carga (Teca) do Aeroporto Internacional de Campo Grande (MS) aumentou cerca de 23% no primeiro trimestre de 2018, em comparação a 2017. No acumulado de janeiro a março deste ano, foram processadas 236,9 toneladas, enquanto no mesmo período do ano anterior o movimento foi de 192,7 toneladas.

O setor de importação foi responsável pela maior parte do volume total, registrando 235,9 t, enquanto o segmento de exportação trabalhou com 1 tonelada. Os principais produtos exportados foram equipamentos e maquinas agrícolas, com destino a Assunção, capital do Paraguai. Na área de importação, os destaques foram mantas e tapetes na área têxtil, representando cerca de 43 toneladas, além de equipamentos médico, com mais de 21 toneladas.

Para o superintendente do aeroporto, Richard Aldrin Fernandes Custódio, o aumento na carga transportada se dá em virtude da manutenção dos clientes. “Buscamos constantemente melhorar nossos serviços e fidelizar clientes, e planejamos terminar 2018 com um aumento ainda maior”, pontuou.

Inaugurado em 2009, o Teca de Campo Grande tem área total de 1.152,99 m², sendo 475,89 m² de área coberta, e trabalha com importação, exportação e carga nacional.

 

Via – Infraero