Aeroporto de Confins deve receber cerca de 500 mil passageiros em novembro

Foto - BH Airport/Divulgação

Mais uma vez, o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, prevê crescimento na movimentação de passageiros e aeronaves ao longo do mês.

A expectativa é que cerca de 500 mil pessoas passem pelo terminal durante novembro, aumento de 20% em relação a outubro. Já o número de voos deverá chegar a 4.300, alta de 25% na comparação com o mês anterior.

Além disso, esse volume representa uma retomada de cerca de 60% das operações que ocorriam em fevereiro deste ano.

Em novembro, cinco mercados nacionais serão adicionados aos 26 destinos atendidos atualmente pelo aeroporto. São eles: Ribeirão Preto (SP), Teixeira de Freitas (BA), Maceió (AL), Natal (RN) e Jericoacoara (CE).

Outra novidade é a previsão de retorno de mais um voo internacional para o aeroporto, o da Copa Airlines para o Panamá. Inicialmente, os voos sairão de Belo Horizonte três vezes por semana. A estimativa é que o primeiro voo ocorra na madrugada do dia 23 de novembro. Antes disso, em 3 de agosto, foram retomados os voos da TAP Air Portugal para Lisboa.

Com a adição desses seis destinos, o aeroporto passará a contar com um total de 32 mercados atendidos, sendo dois internacionais. As demais cidades contempladas são: Barreiras (BA), Carajás (PA), Fortaleza (CE), Curitiba (PR), Governador Valadares (MG), Goiânia (GO), Ilhéus (BA), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Cuiabá (MT), Congonhas (SP), Guarulhos (SP), Montes Claros (MG), Santos Dumont (RJ), São Luis (MA), Uberlândia (MG), Campinas (SP), Vitória (VIX), Belém (PA), Porto Seguro (BA), Recife (PE), Salvador (BA), Galeão (RJ) e o internacional Lisboa (Portugal).

“Estamos em um momento de boas expectativas em relação à retomada de voos. Tivemos essa boa notícia da Copa e, este mês, passáramos a ter 100% das empresas estrangeiras que operavam no aeroporto antes da pandemia. Nosso intuito é seguir ampliando a conectividade de Minas Gerais com os demais estados brasileiros, principalmente para atender à demanda dos passageiros que desejam viajar a lazer e durante a alta temporada do final de ano. Vale ressaltar que essa retomada tem sido gradativa e seguindo todos os protocolos de segurança necessários para prevenção da Covid-19”, avalia Clayton Begido, gestor de Conectividade e Aviação da BH Airport.


No terminal são colocadas em prática todas as orientações das autoridades de saúde e da Agência de Aviação Civil (Anac) para que as pessoas se sintam seguras para circular pelo aeroporto, bem como para voar. Clayton destaca que o aeroporto segue preparado para receber os passageiros com toda a segurança necessária.

Ele frisa que a aviação é o meio de transporte mais higiênico, rápido e seguro que existe. No entanto, as pessoas precisam fazer a sua parte e seguir as recomendações dos órgãos de saúde no que diz respeito ao distanciamento social e higienização das mãos.

Antes da pandemia, cerca de 30 mil pessoas circulavam diariamente pelo Aeroporto Internacional de Belo Horizonte e em torno de 300 voos eram operados por dia entre pousos e decolagens. Eram oferecidos voos para 45 destinos, sendo cinco internacionais (Orlando, Fort Lauderdale, Buenos Aires, Panamá e Portugal).

 

DEIXE UMA RESPOSTA