Aeroporto de Confins deve receber mais de 300 mil passageiros em setembro

Foto - BH Airport/Divulgação

A movimentação de passageiros e aeronaves no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, deverá ter alta durante este mês. São esperados cerca de 310 mil passageiros ao longo de setembro, crescimento de 45% em relação a agosto. Já o número de voos deverá chegar a 2.800, 40% a mais do que foi operado no mês passado.

O setor de aviação segue em busca de uma retomada gradativa e segura para passageiros, visitantes e comunidade aeroportuária. No terminal, são colocadas em prática todas as orientações das autoridades de saúde e da Agência de Aviação Civil (Anac) para que as pessoas se sintam seguras para circular pelo aeroporto, bem como para voar.

Na avaliação de Clayton Begido, gestor de Conectividade e Aviação da BH Airport, a aviação segue como o meio de transporte mais higiênico, rápido e seguro que existe.

“No Aeroporto Internacional de Belo Horizonte estamos tomando todas as medidas necessárias para combater e prevenir a doença. Isso se reflete em mais confiança das pessoas e no aumento da demanda por voos. Este mês, novamente, teremos alta no fluxo de pessoas e de operações. O feriado de 7 de setembro, certamente, contribui para que possamos alcançar a marca de 300 mil passageiros no mês e sabemos que temos um caminho a percorrer para alcançarmos os patamares anteriores à pandemia da Covid-19”, ressalta.

Antes da pandemia, cerca de 30 mil pessoas circulavam diariamente pelo Aeroporto Internacional de Belo Horizonte e em torno de 300 voos eram operados por dia entre pousos e decolagens. Eram oferecidos voos para 45 destinos, sendo cinco internacionais (Orlando, Fort Lauderdale, Buenos Aires, Panamá e Portugal).

Atualmente, o aeroporto conta com operações para 24 destinos, sendo um internacional. Em setembro três mercados foram adicionados aos destinos servidos no terminal: Barreiras (BA), Carajás (PA) e Fortaleza (CE).

Até agosto, eram oferecidos voos para: Curitiba (PR), Governador Valadares (MG), Goiânia (GO), Ilhéus (BA), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Cuiabá (MT), Congonhas (SP), Guarulhos (SP), Montes Claros (MG), Santos Dumont (RJ), São Luis (MA), Uberlândia (MG), Campinas (SP), Vitoria (VIX), Belém (PA), Porto Seguro (BA), Recife (PE), Salvador (BA), Galeão (RJ) e o internacional Lisboa (Portugal). Totalizando 24 destinos.


De acordo com Clayton, há negociações constantes com as companhias aéreas para ampliar os destinos oferecidos no aeroporto.

“Já tivemos retornos de voos importantes, como a retomada da TAP, e estamos empenhados em ampliar cada vez mais as conexões de Minas com o Brasil e o restante do mundo”, destaca.

 

DEIXE UMA RESPOSTA