ANAC ASO

A Inside Diagnósticos, laboratório brasileiro que atua no segmento de medicina de precisão, inaugurou um ponto de atendimento para testes de covid-19 no Aeroporto de São Paulo/Congonhas, com apoio da Infraero, Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária.

A nova unidade conta com a capacidade diária de 300 a 500 testes, com emissão de laudos internacionais quando solicitados.

Entre os testes realizados estão os de metodologias RT-PCR (nasofaríngeo, com resultados em até 48h), teste rápido imunocromatográfico para antígeno (nasofaríngeo, pronto em 15 minutos) e sorológico para anticorpos IgA-M e IgG (punção venosa, com laudo em até 72h). Não há necessidade de pedido médico ou voo marcado para passar pelo procedimento.

“Disponibilizamos a maior cobertura de análises, incluindo teste rápido de antígeno, RT-PCR e sorologia, para detecção da infecção em fase aguda ou tardia. A expectativa é de que sejam realizados entre 10 mil e 15 mil testes já no primeiro mês de abertura”, afirma Gustavo Janaudis, CEO da Inside diagnósticos.

No caso de testes positivos, a equipe do laboratório, composta por biomédicos com responsabilidade técnica, orientará o paciente quanto aos cuidados, recomendando assistência médica.

“A possibilidade de os passageiros fazerem o teste em nosso terminal, antes do embarque, é um acréscimo muito positivo a todas as providências que tomamos para proporcionar aos viajantes uma experiência confortável e segura no aeroporto”, afirma João Márcio Jordão, Superintendente da Infraero.

A iniciativa faz parte de uma série de medidas que a Infraero vem tomando no sentido de combater a pandemia, como a intensificação dos procedimentos de limpeza e desinfecção, sinalização em prol do distanciamento social, proteção de acrílico nos balcões de atendimento, totens de álcool em gel e cartazes de orientação sobre a higienização correta das mãos nos lavatórios. São emitidos ainda avisos sonoros, com orientação da Anvisa, para lembrete do uso obrigatório de máscaras de proteção.

A Infraero concluiu ainda, no mês passado, a instalação de bloqueios eletrônicos, eliminando a formação de filas para a verificação das passagens.

 

DEIXE UMA RESPOSTA