O Aeroporto Internacional de Maceió (AL) registrou no ano de 2017 recorde na movimentação de passageiros. No período, foram contabilizados 2.068.170 embarques e desembarques, 72798 a mais do que o registrado em 2016.

Para o superintendente do terminal, Adilson Pereira, “esse recorde é resultado de um somatório de fatores, que vai desde a recuperação gradual da economia ao trabalho conjunto de todo o trade turístico. A sinergia desse trabalho tem proporcionado um aumento nos últimos anos”.

Com capacidade para receber mais de cinco milhões de passageiros por ano, o terminal tem uma média diária de 5.666 embarques e desembarques e 21 operações regulares operadas por quatro companhias aéreas – Avianca, Azul, Gol e Latam – que interligam a cidade alagoana a diversos destinos brasileiros, como Brasília (DF), Confins (MG), Campinas, Congonhas, Guarulhos e Ribeirão Preto (SP), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA), além de um voo regular internacional para Buenos Aires, na Argentina, que opera uma vez por semana e um voo charter para Lisboa, em Portugal, que opera duas vezes ao ano.

O terminal alagoano vem passando por uma série de melhorias voltadas ao bem-estar dos passageiros, como a substituição de quatro pontes de embarque/desembarque e a readequação dos balcões de venda, reservas e informações (BVRI) para proporcionar melhor distribuição do mix comercial aeroportuário, a inauguração de novas lojas e a readequação do acesso às salas de embarque. Além disso, estão sendo concluídas as obras no sistema de refrigeração e a revitalização das torres de iluminação do pátio de manobras de aeronaves.

A movimentação de viajantes no aeroporto seguiu a tendência de crescimento dos aeroportos administrados pela Infraero. Em 2017, a rede registrou 108,30 milhões de embarques e desembarques, 3,25% a mais que os 104,79 milhões registrados no ano anterior. Do total, a maior parte, cerca de 94%, se refere a viajantes domésticos.