O Aeroporto Internacional de Navegantes (SC) registrou, no ano de 2018, recorde na movimentação de passageiros. No período, foram contabilizados 1.908.506 passageiros, 322.741 a mais do que o registrado em 2017, resultando em um incremento de 21,45% no ano.

Para a superintendente do terminal, Andreia Nandi, esse recorde é resultado de um somatório de fatores, como a recuperação gradual da economia brasileira para lazer e negócios e principalmente o trabalho em conjunto de todo o trade turístico.

“Em janeiro de 2018 obtivemos um número recorde de 192.546 passageiros, nosso maior movimento mensal no ano, seguidos pelos meses de julho, com 175.544 e outubro com 174.828 passageiros. Ou seja, a maior movimentação ocorre nos meses de férias e festividades de outubro, demonstrando a importância da região para o turismo. No mesmo viés, e não menos importante, a região dispõe de um parque industrial muito diversificado e desenvolvido, que fomentou diversos negócios e atrações em 2018. Em dezembro iniciamos as operações diárias do voo internacional para Buenos Aires e a nova rota Foz do Iguaçu com três operações semanais, sendo que esta nova rota pode ou não se tornar regular dependendo da viabilidade econômica para a companhia aérea”, pontua Andréia.

A três quilômetros do centro da cidade e geograficamente bem localizado em relação às cidades de Penha, Itajaí, Balneário Camboriú, Blumenau e outras, o aeroporto apresentou uma média diária de 5.289 passageiros entre embarques e desembarques e 44 operações regulares entre pousos e decolagens operadas por quatro companhias aéreas – Gol Linhas Áreas, Latam, Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas – que interligam a cidade catarinense a diversos destinos, como Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo e Campinas (SP), além do voo direto para Foz do Iguaçu (PR), operado três vezes por semana durante a alta temporada, e da frequência diária do voo para Buenos Aires que deve ser operado até fevereiro.

Alta na movimentação de cargas

O Terminal de Logística de Carga (Teca) do aeroporto catarinense também registrou alta na movimentação de volumes no ano passado. Foram 5.364,2 toneladas (t) processadas, 55,8 t a mais que o movimento aferido em 2017.

O destaque ficou por conta do setor de importações, responsável por quase a totalidade de armazenamento, com 5.362,3 t. A maior parte das cargas recebidas são da indústria farmacêutica e médica.

O Teca de Navegantes é um dos principais da região Sul do Brasil e o mais movimentado dentre os terminais de carga administrados pela Infraero no estado de Santa Catarina. Conta com uma área de 104,2 mil m², sendo 4,2 mil m² referentes ao atual terminal de carga, e 100 mil m² referentes a área destinada à implantação do novo complexo logístico. A superintendente do aeroporto comemora o crescimento.

“A região dispõe de um parque industrial diversificado e muito bem desenvolvido, fomentando vários negócios e promovendo o crescimento no setor”, ressalta Andréia Nandi.

O complexo logístico do Aeroporto de Navegantes passou a ser administrado, desde junho de 2018, pela empresa PAC LOG. A empresa agora é responsável pela gestão comercial, operacional e administrativa do complexo. A transferência das operações, por meio de licitação, faz parte do posicionamento estratégico da Infraero, que prevê a exploração comercial de complexos logísticos situados nos aeroportos que administra.