CCR Aeroportos Petrolina Aeroporto
Foto: Divulgação

O Aeroporto de Petrolina, administrado pela CCR Aeroportos, realizou na sexta-feira (3) os dois primeiros módulos do Exercício de Emergência Aeronáutica (ESEA). O treinamento teve por objetivo avaliar os procedimentos das equipes no caso de uma emergência simulada e se eles estavam de acordo com as medidas de segurança estabelecidas pela Organização da Aviação Civil Internacional (OACI) e pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). 

O primeiro módulo, denominado “Centro de Operação de Emergências (COE)”, avaliou o tempo que a equipe de atendimento à emergência levou para ser formada e o gerenciamento da crise. Já o segundo módulo, intitulado “Ferramentas de Suporte”, analisou a agilidade dos times no uso dos procedimentos de comunicação e de identificação rápida do local da ocorrência.

Aeroporto Petrolina
Foto: Divulgação

Para o gerente do Aeroporto de Petrolina, Jamerson Vasconcelos, a realização dos dois primeiros módulos do ESEA é uma atividade imprescindível para assegurar a efetividade dos protocolos de segurança estabelecidos pela CCR Aeroportos.

“A simulação é instrumento fundamental para identificar as melhorias necessárias, para aprimorar a resposta a uma emergência e representa o compromisso da CCR Aeroportos em garantir que suas equipes estejam preparadas para atender aos parâmetros estabelecidos pelos órgãos reguladores”, enfatiza Vasconcelos.

As atividades duraram cerca de uma hora e meia, cumprindo todas as normas estabelecidas pela Organização da OACI e pela ANAC, sem qualquer impacto nas operações do aeroporto.

Via: CCR Aeroportos