O Carnaval de Salvador vem para coroar um dos verões mais cheios da década. A expectativa é de que, entre os dias 27 de fevereiro e 10 de março, cerca de 310 mil passageiros transitem pelo Aeroporto Salvador Bahia, dez mil a mais que no ano passado. Durante o período, além dos voos regulares, estão previstos mais 178 voos extras para atender a grande procura pela cidade.

A maioria dos turistas que chegam a Salvador pelo Aeroporto durante o Carnaval vem de São Paulo (Aeroportos de Congonhas e Guarulhos), Rio de Janeiro e Brasília. Já os passageiros internacionais vêm das cidades de Buenos Aires, Lisboa e Madrid.

Para atender aos passageiros que chegam para a folia, haverá uma recepção especial, promovida pelas Secretarias estadual e municipal de Turismo. A partir de 20 de fevereiro (quarta-feira), três empresas de comércio de abadás terão lojas provisórias no aeroporto, para facilitar a compra e entrega das camisas aos turistas que chegarem à cidade para curtir o carnaval.

Além disso, haverá um reforço do efetivo de agentes que fazem prestação de orientação e informação ao público, profissionais de limpeza e motoristas de ônibus que fazem o embarque e desembarque remoto de passageiros. As equipes terceirizadas de vigilantes e demais serviços estão passando por uma capacitação específica para os dias de folia.

Também estão sendo intensificados os serviços de manutenção preventiva nos principais sistemas e equipamentos do Aeroporto, com o objetivo de garantir sua funcionalidade no período de maior fluxo. Dois novos conjuntos de sanitários já estarão liberados para uso, localizados na Praça de Alimentação e na área próxima ao embarque internacional.

“O Carnaval de Salvador é um dos mais desejados pelos foliões brasileiros e os números deste ano confirmam essa máxima. Estamos preparando uma recepção especial para os nossos passageiros, aprimorando e ampliando os nossos serviços, para que a experiência de viagem seja positiva desde a chegada à capital”, aponta Julio Ribas, diretor presidente do Aeroporto Salvador Bahia.