O secretário nacional de Aviação Civil, Ronei Glanzmann, apresentou, às lideranças regionais do estado do Rio Grande do Sul, o anteprojeto do Aeroporto Regional da Serra Gaúcha, que será construído no distrito de Vila Oliva, próximo a Caxias do Sul.

O projeto deve ser implantado em parceria com o governo do estado, prefeitura de Caxias e iniciativa privada. O orçamento previsto para o projeto é de R$ 200 milhões e o recurso será proveniente do Fundo Nacional da Aviação Civil (FNAC).

De acordo com o anteprojeto, o novo aeroporto vai atender 53 municípios localizados no entorno. O aeródromo ficará situado em uma área de 445 hectares no distrito de Vila Oliva.

Ele terá capacidade de operação para Boeing 737, terminal de passageiros de 4,7 mil metros quadrados e 500 vagas, pátio com 26 mil metros quadrados, pista com 1.930 metros de comprimento e 45 metros de largura.

Segundo o secretário, os estudos começaram em abril de 2014, quando o Aeroporto Regional Hugo Cantergiani, em Caxias, foi declarado inviável para expansão. Em junho de 2014, a SAC declarou a viabilidade da área de Vila Oliva para o novo empreendimento.

“Estamos aqui apresentando o anteprojeto do aeroporto, que vai atender toda a região e impulsionar a economia e o turismo no estado”, disse Glanzmann.

Com o anteprojeto, a licença ambiental e a autorização do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), a próxima fase será a de desapropriação da área de 445 hectares, no distrito de Vila Oliva.

Esse trabalho deve ser feito pelo Estado e município. Para isso, está sendo feito estudo pela prefeitura de atualização dos valores dos imóveis – são 10 lotes que pertencem a oito proprietários.

 

Via – Ministério da Infraestrutura