Aeroporto de Viracopos
Foto - Aeroporto de Viracopos

A nova licitação do Aeroporto de Viracopos, enviada nesta semana pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para o Tribunal de Contas da União (TCU) contém uma considerável alteração. A agência decidiu após muita pressão política manter a área do sítio aeroportuário, sem nenhuma redução como cogitavam as autoridades anteriormente.

A relicitação poderia dar abertura para uma possível especulação imobiliária, visto que há uma crescente alta nos terrenos localizados no entorno do aeroporto. A possibilidade foi aberta, no entanto, a ANAC tomou a decisão por manter os 27 quilômetros quadrados, ao contrário da proposta do sítio ter somente 14 km².

A área reduzida ainda permitiria a construção de duas pistas, para atender a expansão de voos no local, porém, seria responsável por retirar uma possível área de faturamento da nova concessionária, a de galpões logísticos.

A implementação dessa cidade aeroportuária nos 27 km² de área do Aeroporto de Viracopos pode gerar um total de 140 mil empregos, seja na aviação ou na parte logística.

“É uma vitória nossa, de Campinas e da RMC. Vínhamos reivindicando isso porque o Aeroporto de Viracopos é estratégico para o futuro não só de Campinas, mas também de toda a região. Uma área maior possibilita aumento da geração de empregos e renda, além de induzir o desenvolvimento da região, o que beneficia toda a população“, disse o Prefeito de Campinas, Dário Saadi, ao CORREIO.

Aeroporto de Viracopos
Foto – Aeroporto de Viracopos

Após consulta pública, a ANAC também alterou a minuta do edital em relação a forma de pagamento da contribuição inicial, que corresponderá a 90% do Valor Presente Líquido (VPL) do fluxo de caixa livre do projeto, calculado em R$ 3,43 bilhões.

As alterações na forma de pagamento têm o objetivo de mitigar o risco do novo investidor e evitar eventuais atrasos no início da transição operacional.

Quem vencer a licitação deverá investir R$ 4,25 bilhões no decorrer dos 30 anos de contrato. A expectativa de realização do leilão é para o terceiro trimestre de 2022.

Depois de superar a marca de 10 milhões de passageiros em 2021 e de passar a ser o terceiro aeroporto mais movimentado do país, o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), começou o ano de 2022 com alta de 8% no movimento de embarque e desembarque em janeiro na comparação com o mesmo mês do ano passado.