BH Airport Aeroporto Internacional de Belo Horizonte Confins
Foto: BH Airport/Divulgação

Com gestão eficiente e desenvolvimento de uma estratégia empresarial moderna, com foco nos projetos certos, BH Airport tem ano favorável com boas perspectivas para 2022 

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte se manteve em evolução ao longo deste ano. Mesmo com os desafios impostos pela pandemia da Covid-19, foi possível elevar a qualidade dos serviços prestados e retomar as operações.

Com o avanço do plano nacional de vacinação contra a doença e aumento da confiança das pessoas em viajar, a previsão é fechar o ano com fluxo de cerca de 7 milhões de passageiros, alta de 50% na comparação com o ano passado. A movimentação de cargas também seguiu em expansão e será de cerca de 30 milhões de toneladas, alta de 90% em relação ao ano passado. 

“Apesar dos impactos globais trazidos pela pandemia, conseguimos superar as adversidades e registrar crescimento da nossa movimentação de pessoas e cargas em 2021. Investimos em ações para melhorar ainda mais a jornada dos passageiros no nosso terminal e seguimos em destaque entre os melhores aeroportos do país. Quem passa por aqui percebe nitidamente a melhoria na qualidade e no serviço oferecido. Atualmente, nós temos uma operação de classe mundial”, avalia Kleber Meira, CEO da BH Airport.  

Em 2021, o aeroporto completou sete anos sob a concessão da BH Airport, um período marcado pela transformação da infraestrutura e pelo fortalecimento do papel do terminal como indutor do crescimento e desenvolvimento socioeconômico de Minas Gerais.

Ao longo desses sete anos, foram registrados cerca de 730 mil pousos e decolagens e mais de 74 milhões de passageiros passaram pelo aeroporto. O total de investimentos foi superior a R$ 1 bilhão na ampliação e modernização das instalações. 

Foto – BH Airport/Reprodução

O compromisso de oferecer a melhor experiência a passageiros e visitantes se mantém firme e, em novembro, o aeroporto entrou em uma nova etapa da reforma do Terminal de Passageiros 1, na sala de embarque.

O projeto de modernização prevê a ampliação das áreas comerciais, assim como a revisão dos fluxos e processos – que englobam raio-X, check-in, restituição de bagagens, salas e portões de embarque. A estimativa é que essa etapa da reforma tenha duração de 14 meses. 

O objetivo das obras é oferecer ainda mais conforto e comodidade a passageiros, visitantes e toda a comunidade aeroportuária, bem como ampliar as áreas comerciais no terminal em 100%.

“A partir da reforma, o aeroporto entra em um novo patamar de excelência. Além de melhorar significativamente a eficiência operacional, as intervenções vão contribuir para oferecer um ambiente mais moderno e pronto para conectar Minas Gerais com os demais estados brasileiros e também com o mundo”, afirma Kleber. 

 

Evolução da malha aérea 

Ampliar a conectividade de Minas com o Brasil e mercado internacional se manteve como foco no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte. Ao final de 2021, o terminal estará em conexão com o mesmo número de destinos que tinha antes da pandemia da Covid-19. Com isso, passam a ser oferecidos entre voos extras e regulares para 45 destinos.

Em 2022, o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte inaugura dois novos destinos internacionais operados pela Eastern Airlines. A companha aérea confirmou o lançamento do voo para Miami, em março, e para Nova Iorque, em junho. As cinco frequências semanais serão realizadas em um Boeing 777-200 em duas classes de serviço: Econômica Premium e Econômica.   

Ao todo, serão três frequências semanais entre Miami e Belo Horizonte, a partir de 27 de março, e duas frequências semanais entre Nova Iorque (JFK) e Belo Horizonte, a partir de 8 de junho.

“A inauguração desses dois destinos para os Estados Unidos é muito aguardada pelos mineiros e estamos confiantes na operação e manutenção dessas rotas, bem como lançamento de outros destinos”, ressalta Herlichy Bastos, diretor de Operações da BH Airport. 

Vale ressaltar que essa será a primeira vez que a companhia aérea fará voos regulares ao Brasil, bem como a capital mineira é a primeira cidade brasileira contemplada pela empresa.

 “Disponibilizar o acesso a esses destinos, partindo do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, é um ganho para todos os mineiros. Estamos sempre em negociação com as companhias aéreas para ampliar a conectividade de Minas Gerais com o mundo. A parceria com a Eastern Airlines é mais uma iniciativa que demonstra esse potencial do aeroporto”, afirma Herlichy.  

 

Realizações ao longo do ano 

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte se manteve em destaque ao longo do ano e foi eleito o melhor do país. Em Pesquisa Nacional de Satisfação de Passageiros e Desempenho Aeroportuário, referente ao terceiro trimestre de 2021, o terminal foi destaque na categoria de aeroportos acima de 10 milhões de passageiros/ano. O aeroporto já havia ficado em primeiro lugar no ranking divulgado em setembro.

O levantamento é realizado pelo Ministério da Infraestrutura, com a coordenação da Secretaria de Aviação Civil. Conforme os resultados, a nota geral do aeroporto alcançou 4,5 (em uma escala de 1 a 5), enquanto a média obtida pelos demais aeroportos da categoria chegou a 4,39.   

BH Airport/Divulgação.

As práticas socioambientais do aeroporto também foram reconhecidas e o terminal recebeu o selo verde durante a edição 2021 do “Green Airport Recognition”, a conferência anual do Conselho Internacional de Aeroportos da América Latina e Caribe (ACI-LAC), em Cancún, no México. O reconhecimento é destinado a valorizar as iniciativas sustentáveis que minimizem os impactos da aviação no meio ambiente e nas comunidades do entorno.  

O aeroporto recebeu o prêmio pelo projeto Coletiva Seletiva Solidária, desenvolvido desde o início da concessão da BH Airport, em 2014. A iniciativa alcançou a marca de mais de 1.600 toneladas de resíduos doados à Associação de Catadores de Materiais Recicláveis (Ascamare) de Lagoa Santa, cidade do entorno do aeroporto.

A ação reflete diretamente na geração de renda para 27 famílias de associados à Ascamare que comercializam os resíduos. Entre os materiais doados estão papel, papelão, plástico, vidro, pallets de madeira e metal. 

Em 2021, o terminal também conquistou a certificação Airport Health Accreditation, Credenciamento de Saúde Aeroportuária (tradução livre), da Airport Council International (ACI). A entidade avaliou as medidas de saúde adotadas para promover a segurança de passageiros, visitantes e toda a comunidade aeroportuária. A certificação foi concedida após avaliação criteriosa de todas as ações realizadas pelo aeroporto desde o início da pandemia do coronavírus.

Ficou constatado que o aeroporto fornece uma experiência segura para todos os viajantes, que está de acordo com as medidas de saúde recomendadas nas diretrizes de Retomada e Recuperação de Negócios de Aviação, da ACI, e da Força-tarefa de Recuperação de Aviação do Conselho da Organização Internacional da Aviação Civil (ICAO).  

 

16 lojas inauguradas em 12 meses 

Os negócios do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte também tiveram incremento. Ao longo de 2021, foram inauguradas 16 operações no terminal, o que demonstra a confiança dos empresários na gestão do aeroporto e também na retomada das operações. A tão aguardada Starbucks, Nescafé, Track&Field, Maybelline, Living Heineken, GoBox, Budweiser, O’Gin, Fiber Knit, Cacau Show e Pandora são as marcas que passaram a fazer parte do mix de operações.

A Havaianas também lançou sua segunda loja. Ainda este ano, estão confirmadas as inaugurações de mais duas lojas Starbucks, uma operação da Pandora e o Vila Francisca by Café Cambraia. 

“Iniciamos 2021 atentos ao cenário de pandemia e sempre seguindo todos os protocolos de saúde e segurança para prevenção da Covid-19. Apesar das baixas na movimentação de passageiros durante a segunda onda da doença, os negócios se mantiveram acelerados, com prospecção de marcas de renome no mercado nacional e internacional. Isso se refletiu nas inaugurações que ocorreram. Conseguimos agregar ao mix de lojas grandes marcas, de renome internacional”, ressalta Régio Fernandes, diretor Administrativo Financeiro da BH Airport. 

O ano começou com a inauguração, em janeiro, da Coffee Shop Nescafé, localizada no saguão do aeroporto e com funcionamento 24 horas. Já em fevereiro, foi a vez de a Track&Field abrir as portas da sua operação no térreo, próxima à Praça Mineira. Em abril, foi inaugurada a Maybelline, uma das principais marcas de maquiagem do mundo. Em maio, foi a vez do Living Heineken. Com um conceito de lounge bar, o espaço funciona 24 horas por dia e está localizado no saguão do aeroporto.  

Em junho, o quiosque GoBox foi lançado. Já no mês de julho, foi realizada uma atualização da operação do Sports Bar, que por meio de uma parceria com a Budweiser, implantou um novo espaço conceito na loja localizada no terminal 2 – próxima ao portão 16. Também em julho, a marca mineira O’Gin inaugurou sua primeira loja conceito no saguão do aeroporto. Para completar o mês de julho, foram lançadas duas operações da Fiber Knit, com venda de máscaras de proteção facial. Em outubro, foi a vez de Havaianas lançar sua segunda loja, agora na sala de embarque.  

Heineken BH Airport Aeroporto Belo Horizonte
Foto: BH Airport

Em setembro, foi a vez de inaugurar o Vila Francisca by Walls, um espaço que une a qualidade do restaurante a uma marca de cerveja mineira, premiada e de renome no mercado nacional. 

Em novembro, foi a vez de inaugurar a primeira loja da Starbucks em Minas Gerais. A operação está localizada no térreo, próxima ao check-in 2. Para completar a parceria com a marca, outras duas unidades estão confirmadas para abrir no aeroporto até o final de 2021.     

Em dezembro, foi aberta a segunda unidade da Starbucks. A operação está localizada no primeiro pavimento, próxima ao embarque de passageiros, e oferece uma infraestrutura ainda maior, o que traz mais conforto e comodidade. Até o final de 2021, uma terceira operação está confirmada para abrir no aeroporto. 

Para fechar, também em dezembro, foi lançada a Pandora. A operação está localizada no saguão do aeroporto.

Terminal de Cargas bate recorde de faturamento  

Antonov An-124 Aeroporto de Confins
Foto: BH Airport

Outro destaque é o Terminal de Cargas do aeroporto, que bateu recorde de faturamento em outubro. No mês foi registrada a maior receita do ano: R$ 3,8 milhões, 12% a mais que em setembro. O valor é ainda maior se comparado a outubro de 2020 (R$ 2,4 milhões) e até outubro de 2019 (R$ 2,6 milhões), ano anterior a pandemia da Covid-19.  

Para o gestor de Soluções Logísticas Integradas, Marcelo Farias, o resultado é fruto do trabalho que vem sendo realizado para fortalecer o aeroporto como hub logístico multimodal. Nesse sentindo, a área de importação teve um incremento considerável e 72% das importações ocorreram pelo modal aéreo. 

“Como planejamos, os produtos desenvolvidos no último ano estão gerando os frutos esperados. Apostamos também em setores estratégicos que seguem crescendo mesmo com os desafios enfrentados nos últimos dois anos, como o de ciências da vida, que tem um foco especial dentro do nosso hub logístico multimodal e uma solução tailor made (feita sob medida) para receber cargas especiais.”

“Não posso deixar de mencionar a performance do nosso cargueiro regular, que conquistou a confiança do mercado mineiro, com ótima frequência neste ano de operação, e do Programa de Parceiros Logísticos, que multiplica oportunidades e clientes”, ressalta Marcelo. 

O crescimento de outubro reflete também no resultado do ano que já soma R$ 35 milhões em faturamento, número maior que os valores de 2020, quando foi alcançada receita de R$ 31 milhões, e também de 2019, que fechou em R$ 27 milhões. Vale ressaltar que o montante de 2021 ainda não contempla a receita de dezembro. 

Em 2021, o Terminal de Cargas ganhou, pelo menos, uma dezena de novos clientes de ciências da vida, grandes empresas e multinacionais. Dentre elas, segundo Marcelo, é possível destacar a operação de importação de insulina e vacinas, que movimentou uma quantidade significativa de contêineres refrigerados. 

 

 

Via: BH Airport

DEIXE UMA RESPOSTA