Foto – Aigle Azur

Em novembro de 2017, David Neeleman anunciava que estava investindo em mais uma companhia, a Aigle Azur, da França. Ele parece ser fanático pelo nome “Azul”, vide a JetBlue e a Azul Linhas Aéreas, duas companhias fundadas por ele.

A Aigle Azur não é uma companhia fundada por David Neeleman, mas agora ele detém 32% de ações nessa companhia, depois de comprar a parte que pertencia ao Grupo Weaving. E isso permite que ele consiga ter poder de voto para expandir a companhia, com base em outras como a Azul e a TAP, em que ele tem uma boa parte das ações (especialmente da TAP).

E depois de anunciar uma parceria da Aigle Azur com a Azul Linhas Aéreas, agora a companhia francesa terá uma parceria com a TAP, para fortalecer a ligação entre Portugal e a França.

A parceria inicial é baseada em um codeshare, isso significa que a Aigle Azur vai vender passagens da TAP entre Paris e o Aeroporto Orly, em Paris, como se o voo fosse operado pela própria companhia, e a TAP também fará o mesmo. No total são 3 voos diários saindo de Porto e 8 saindo de Lisboa, um bom número para fortalecer as operações da Aigle Azur.

Além disso a TAP também vai vender os voos de Porto para Orly (Paris), Faro para Orly e Madeira para Orly, estes operados pela Aigle Azur.

Com esse codeshare será possível voar de qualquer cidade atendida no Brasil pela TAP, para Paris com somente uma escala em Lisboa. Já a Azul oferecerá ligação direta com seus voos nacionais para Paris, a partir de um voos de Viracopos para a Cidade Luz que estreará até junho deste ano.

Essa parceria é ainda maior, e vai se estender também à manutenção dos jatos da Aigle Azur, que serão realizados pela TAP em Lisboa.

A Aigle Azur é a segunda maior companhia da França, ela só não supera a clássica Air France em número de passageiros transportados. Fundada em 1946, atualmente ela tem 11 aviões da família A320 em sua frota. A principal expansão das suas operações ocorreu após 2001, na administração do Grupo GoFast.