Air China está entre os interessados na aquisição da Hong Kong Airlines

A Hong Kong Airlines divulgou nesta terça-feira (10/03) que está em negociações com partes interessadas, incluindo a Air China, para um investimento na companhia, onde a possível nova empresa entrará como acionista.

Com esse consórcio a Air China pode se tornar acionista da Hong Kong Airlines, e adquirir indiretamente a empresa.

No entanto, mais detalhes sobre as negociações não foram divulgados pela companhia, mas a Hong Kong Airlines enfrenta há vários anos uma crise financeira interna, que só está piorando a cada dia que passa.

O ano passado foi bastante terrível para as companhias aéreas de Hong Kong. Primeiro, os protestos de Hong Kong causaram perturbações maciças, forçando as companhias a cancelarem milhares de voos. Agora, o surto de coronavírus de Wuhan, originário da China, forçou as companhias aéreas a cancelar milhares de voos a mais, enquanto as autoridades tentam impedir a propagação da doença.

A Air China tem 7 companhias aéreas como subsidiárias, e na empresa principal, tem uma frota de 429 aeronaves, voando para 201 destinos. Já a Hong Kong Airlines tem 44 aviões na frota, e voa para 48 destinos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA