787-9 Air France | ©Photo: @jpmach2

A Air France e a KLM trocarão os pedidos já realizados dos Boeing 787 e Airbus A350 entre elas, a fim de aperfeiçoar as frotas por meio do crescimento acelerado e da harmonização de aeronaves similares em ambas as companhias aéreas.

“Este é o primeiro passo para harmonizar e simplificar a frota do Grupo Air France-KLM em suas duas maiores companhias aéreas”, declarou o CEO do Grupo, Benjamin Smith.

A troca entre as companhias significa que, no período de 2021-2023, os seis Boeing 787 restantes encomendados para a Air France serão transferidos para a KLM, e os atuais sete Airbus A350-900 encomendados para a companhia holandesa serão transferidos para a irmã francesa.

Airbus A350 da Air France na linha de pintura da Airbus. Companhia receberá o primeiro avião deste modelo em breve.

Hoje, a Air France opera nove Boeing 787-9 e uma aeronave adicional está programada para chegar em maio de 2020, resultando em uma frota de dez Boeing 787-9 para a Air France no próximo ano. Além disso, a companhia com sede na França receberá seu primeiro Airbus A350-900 em setembro de 2019.

Já existe uma encomenda extra com 20 aeronaves confirmada, que serão adicionadas os sete A350-900 inicialmente destinados à aérea com sede na Holanda, resultando em um total de 28 aeronaves.

A KLM atualmente opera 13 Boeing 787-9 e receberá seu primeiro Boeing 787-10 em junho de 2019. O primeiro Boeing 787-10 da KLM é equipado com uma pintura de comemoração aos 100 anos da empresa.

Foto – Cassidy’s Vacay

Esta frota crescerá ainda mais, atingindo 21 Boeing 787 até o final de 2020, aos quais serão adicionados outros seis Boeing 787s inicialmente destinados a Air France resultando em um total de 27 aeronaves.

As opções de desenvolvimento de frotas adicionais na Air France dentro do grupo Air France-KLM estão atualmente em estudo, em consultoria com todas as partes interessadas.