Air France-KLM pode utilizar trens em rotas domésticas

Foto - Air France

Na tentativa de reduzir seu impacto ambiental, o grupo Air France-KLM está estudando a introdução de trens em vez de aviões em rotas de curta distância na Europa.

A companhia anunciou a possível mudança na sua assembleia geral hoje (27/05) em Paris. O grupo já trabalha com o serviço ferroviário nacional da França para que os passageiros possam usar milhas aéreas em viagens de trem TGV.

De acordo com o The Brussels Times, a companhia disse que estava procurando adaptar suas ofertas de voos de curta distância, para ser mais competitiva com o investimento em infraestrutura ferroviária.

A Air France alegou que a falta de impostos e taxas aeroportuárias significa que os trens ofereciam opções de baixo custo para os passageiros, contra os quais simplesmente não poderia competir.

Isso também pode ser um alívio para a Air France, visto que seus voos domésticos geraram um prejuízo de € 200 milhões (US$ 220 milhões) no ano passado, para a companhia aérea.

O governo francês concordou com um empréstimo de € 7 bilhões (US$ 7,7 bilhões) para a Air France. Mas parte das condições do empréstimo é que a Air France não vai concorrer com os serviços da TGV.

Isso significa que os voos da Air France entre Paris e Lyon, Bordeaux ou Nantes precisam ser adaptados. A Air France ainda pode fazer essas rotas como parte de voos de conexão para outros destinos.


 

DEIXE UMA RESPOSTA