A Air Italy recebeu recentemente o primeiro Airbus A330-200 da sua frota, uma aeronave que ficará temporariamente responsável pelos voos de média e longa distância da companhia.

O A330-200 entra na frota da companhia quase ao mesmo tempo que o primeiro Boeing 737 MAX 8. A meta é operar com três aviões desse modelo, e mais quatro 737 MAX 8 até o final do verão europeu, em agosto.

A frota da Air Italy será renovada nos próximos três anos com 20 novos Boeing 737 MAX 8 e a partir de maio de 2019, por 20 Boeing 787-8 Dreamliner, fora os aviões já descritos acima.

A Air Italy terá 50 aeronaves até 2022, prevê a Alisarda, sua proprietária majoritária, e a Qatar Airways.

Seus planos envolvem um rápido programa de expansão liderado pela criação de novas rotas domésticas e internacionais. Uma forte aliada nesse crescimento é a própria Qatar, com quem terá voos codeshare. “A Qatar Airways apoia completamente os planos da Air Italy de ser a transportadora bandeira da Itália”, disse ele