Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

Airbus A321LR Titan Airways Royal Air Force Reino Unido
Foto: Michael Pearce

O mais novo avião de transporte VIP do Reino Unido foi visto com a pintura da Royal Air Force, indicando que o Airbus A321LR seria o novo avião do grupo de transporte especial. A pintura é semelhante ao que o Airbus A330 possui, com a cauda pintada com a bandeira do Reino Unido. 

O Airbus A321LR de matrícula G-XATW pertence a Titan Airways, uma empresa de voos fretados e leasing de aeronaves. A Titan recebeu dois novos aviões do modelo, para substituir os antigos Boeings 757-200.

O novo avião para transporte VIP do Reino Unido deverá ser utilizado para viagens e missões mais próximas e que exijam um número menor de pessoas. A aeronave principal de viagens longas continuará sendo o Airbus A330 junto com a versão militar MRTT.

Este A321LR estava estocado desde o final de outubro em Londres, algum tempo depois em novembro foi enviado a uma empresa especializada em pintura de aeronaves da família A320. Nesse mês de março a aeronave foi enviada aos EUA para ser preparada com equipamentos e configuração para o transporte VIP.

https://twitter.com/BoardingPassRO/status/1373702240930832384?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1373702240930832384%7Ctwgr%5E%7Ctwcon%5Es1_&ref_url=https%3A%2F%2Fsimpleflying.com%2Ftitan-airbus-a321neo-uk-government%2F

Em 2020, o portal UK Defense divulgou que o novo Airbus A321LR seria o substituto para os aviões BAe 146, que são utilizados para viagens curtas. 

“A frota atual de quatro aeronaves BAe 146 está planejada para ser retirada de serviço em 31 de março de 2022. As substituições dessas aeronaves estão atualmente sendo consideradas como parte do planejamento de capacidade normal. A frota de 14 Voyager continuará a apoiar a tarefa coletiva de transporte aéreo, incluindo VIP e tarefas de transporte aéreo de apoio de comando.” Disse o Subsecretário de Estado Parlamentar e Defesa, James Heappey.

O novo avião deverá entrar em operação ainda neste ano, pois está totalmente configurado com o padrão da Royal Air Force e pronto para iniciar as missões especiais do Reino Unido.