Airbus A330 da China Airlines sofreu falhas simultâneas nos computadores durante um pouso

No último dia 10 de junho de 2020 um Airbus A330-300 da China Airlines, de matrícula B-18302, sofreu um incidente enquanto estava voando entre Shanghai Pudong (China) para Taipei Songshan (Taiwan).

O incidente, divulgado por autoridades de aviação de Taiwan somente agora, ocorreu durante o pouso da aeronave em Taipei, quando após o pouso os três principais computadores de voo, reversores de pressão e freio automático falharam afetando a distância de parada da aeronave.

Para reverter o erro rapidamente, a tripulação aplicou uma frenagem manual em capacidade máxima, parando o avião a 10 metros antes do final da pista, que tem comprimento de 2600 metros.

Após isso, uma operação de rebocar o avião para o pátio foi realizada, e um inquérito de acidente foi aberto. O avião está em solo sem uso desde o dia 23 de junho.

O CAA de Taiwan informou que a causa raiz da ocorrência ainda está sob investigação e aconselha todos os operadores do A330 a tomarem as seguintes medidas:

  • Antes da expedição, considerar possíveis deficiências de desaceleração com as condições mencionadas acima em pistas molhadas.
  • A distância de aterrissagem exigida deve ser predeterminada considerando uma pista molhada, se a distância for uma preocupação, considerar um aeroporto alternativo.
  • As companhias devem aumentar a conscientização da tripulação sobre as operações em pista molhada, se a frenagem automática estiver com mau funcionamento, os pilotos devem mudar imediatamente para o sistema alternativo ou aplicar a frenagem manual.

 

Via – Aviation Herald

DEIXE UMA RESPOSTA