TAP Air Portugal

Um Airbus A330-900neo da TAP Air Portugal teve um incidente registrado enquanto decolava de Luanda, em Angola. A aeronave de matrícula CS-TUL realizou uma decolagem no último dia 12 de abril deste ano com o erro no planejamento de voo, o que quase levou o avião a ultrapassar o limite da pista.

A pista de pousos e decolagens do local está em obras, e teve seu comprimento total reduzido em 1000 metros no total, restando apenas 1900 metros para a operação. Os pilotos computaram uma decolagem com potência reduzida, e considerando todo o comprimento de 3700 metros.

Na ocasião os pilotos utilizaram 85% da potência do motor e iniciaram a decolagem desta forma, nos últimos metros de pista os pilotos notaram que não atingiriam a velocidade necessária para o “rotate”, e aplicaram quase 100% da potência disponível, cerca de 7 segundos antes do final da pista.

Carta apontava área da pista que estava em obras no momento.

O A330-900neo conseguiu decolar de Luanda, mas os comissários de bordo afirmam que no final da pista o avião retirou poeira do solo, quando decolou com uma velocidade de 167 kts. O voo de 7 horas e meia para Lisboa (Portugal) foi realizado sem demais problemas.

Os investigadores afirmaram que o voo transportava 148 passageiros e 10 tripulantes. Alguns procedimentos foram implementados para mitigar o risco de novos incidentes durante as obras na pista do Aeroporto de Luanda.

 

Via: The Aviation Herald