O A350-1000 concluiu com êxito o seu primeiro voo com passageiros a bordo. Cerca de 310 assentos foram ocupados durante o voo, incluindo os 10 tripulantes da Airbus Flight Test e 13 tripulantes da Virgin Atlantic, que valiaram a performance da aeronave. A aeronave responsável por esse teste foi a com numeração MSN 065, a única com interior todo configurado para passageiros.

Os outros passageiros eram funcionários da Airbus, escolhidos com base em suas contribuições para o desenvolvimento, fabricação e montagem do A350XWB. Eles foram acompanhados por engenheiros de teste da empresa, desde o uso do sistema de entretenimento em voo e até nas funções do banheiro.

O voo partiu do Aeroporto de Toulouse-Blagnac e voou acima de 13 países desde a Europa, passando pelo Mar Mediterrâneo, seguindo para a Europa Central e rumo aos países nórdicos, seguindo para o Mar do Norte, Grã-Bretanha e Irlanda, depois voando ao redor das costas de Portugal e Espanha antes de retornar à Toulouse. 

O voo durou cerca de 12 horas onde os passageiros foram convidados a experimentar e testar os sistemas de cabine, incluindo ar condicionado, iluminação, acústica, entretenimento de bordo (IFE), cozinhas (galley), eletricidade, banheiros e sistemas de desperdício de água. 

Embora não faça parte do programa de certificação técnica, o Early Long Flight permite à Airbus avaliar o ambiente e os sistemas de cabine durante o voo e otimizar os procedimentos de cabine para assegurar a maturidade total na entrada da aeronave em serviço com seus clientes, que deverá ocorrer no segundo semestre de 2017, com certificação de tipo sendo emitida pouco tempo antes.

Essa versão é cerca de 7 metros maior do que o atual -900XWB, isso equivale a cerca de 41 assentos a mais para esse avião, são 366 assentos quando configurado em 3 classes ou 440 em configuração de alta densidade. A cliente de lançamento do A350-1000 é a Qatar Airways, a Airbus espera entregar a primeira aeronave já no segundo semestre de 2017, após obter as certificações. No Brasil a LATAM tem encomendas para 14 aeronaves A350-1000, com entregas a partir de 2018.

 

Veja abaixo a galeria de fotos do voo: