A380 Motor Aberto
Foto: Airbus

A Airbus e a CFM International, uma empresa conjunta entre a GE e a Safran Aircraft Engines, estão colaborando para testar a arquitetura de motores abertos de longo alcance da CFM.

O Demonstrador de Testes de Voo visa amadurecer e acelerar o desenvolvimento de tecnologias avançadas de propulsão, como parte do programa de demonstração De Inovação Revolucionária para Motores Sustentáveis (RISE) da CFM, a bordo de um Airbus A380. A campanha de teste de voo será realizada na segunda metade desta década a partir da instalação de testes de voo da Airbus em Toulouse, França. Antes dos voos de teste Airbus A380, o CFM realizará testes no solo do motor, com a validação de testes de voo no centro de operações de teste de voo da GE Aviation em Victorville, CA, EUA.

O programa de teste de voo alcançará vários objetivos que podem contribuir para futuras melhorias na eficiência do motor e da aeronave, incluindo: compreensão aprimorada da integração motor/asa e desempenho aerodinâmico, bem como ganhos propulsivos de eficiência do sistema; validando benefícios de desempenho, incluindo melhor eficiência de combustível que proporcionaria uma redução de 20% nas emissões de CO₂ em comparação com os motores mais eficientes atuais; avaliar modelos acústicos; e garantir compatibilidade com combustíveis de aviação 100% sustentáveis (SAF).

“O Programa CFM RISE tem tudo a ver com empurrar o envelope tecnológico, redefinir a arte do possível e ajudar a alcançar um crescimento mais sustentável a longo prazo para nossa indústria”, disse Gaël Méheust, Presidente e CEO da CFM International. “A CFM, suas empresas-mãe e a Airbus compartilham a mesma visão e compromisso para o futuro; o programa aberto de demonstração de teste de voo de fãs é um próximo passo emocionante para alcançar as metas líquidas-zero do setor.”

Essa colaboração com o CFM destaca a diversidade do portfólio de demonstrador de tecnologia da Airbus e complementa o trabalho que está sendo realizado para avaliar conceitos e tecnologias maduras para a ambição de emissão zero da Airbus. Em fevereiro de 2022, as duas empresas anunciaram um programa conjunto de testes de voo para validar a capacidade de propulsão de hidrogênio.

A Airbus e a CFM, com as empresas-mãe GE e Safran, compartilham a ambição de cumprir a promessa que fizeram ao assinar a meta do Grupo de Ação de Transporte Aéreo em outubro de 2021 para alcançar as emissões líquidas de carbono líquida-zero da indústria da aviação até 2050, desenvolvendo e testando a tecnologia necessária para tornar a aeronave de emissões zero uma realidade no ambicioso cronograma definido.

A Airbus tem um relacionamento de longa data com a CFM e suas empresas-mãe, GE Aviation e Safran e, juntos, os parceiros estabeleceram um grande histórico de entrega de produtos de alto desempenho que atendam às necessidades dos clientes das companhias aéreas.

Via: Airbus