Amanhã inicia o primeiro dia da Berlin Air Show, que será realizada do dia 25 até 29 de abril, e pelo menos neste ano a Airbus vai garantir uma grande exposição no lugar, até mesmo com aeronaves e tecnologias inéditas.

A grande novidade dessa exposição é o Airbus A340 Blade, uma versão especial de testes, que falamos mais sobre Clicando Aqui, com finalidade de realizar novos estudos de aerodinâmica, alterando o modo que o fluxo de ar se comporta ao passar pela asa.

Em complemento a esse laboratório voador, a Airbus também levará um A380 da Emirates e o segundo A350-900 fabricado, até hoje na frota de testes. A finalidade desses dois aviões é mostrar a estreita colaboração entre a França e Alemanha, na construção de aeronaves de grande porte.

Quase todo o processo de fabricação do A350 e também do A380 é realizado pela Airbus em locais como Hamburgo, Toulouse, Stade, Bremen, St. Nazaire e Nantes.

Na parte de Defesa a Airbus garantiu a exposição dos caças Eurofighter e Tornado, mostrando a sua colaboração no setor de ataque aéreo. Além disso o C295 estará presente com outros UAVs (veículos não tripulados) que a empresa constrói com finalidade militar.

A Airbus Aerial estará exibindo o UAV Zephyr: o Zephyr é um veículo aéreo não tripulado, muito leve e alimentado por eletricidade gerada a partir de suas próprias células solares. Graças aos seus sensores e equipamentos de transmissão, o Zephyr pode transmitir em curto espaço de tempo imagens em alta resolução, enquanto voa a uma altitude de 20 km. O Zephyr pode permanecer em uma área de observação por mais de 30 dias sem a necessidade de escalas.

A Airbus Aerial também apresentará seu ecossistema capaz de unir imagens a partir de veículos não tripulados com satélites, além de acesso a um banco de dados para comparação no monitoramento.


Os satélites mais modernos produzidos pela Airbus nos últimos anos também serão destaque, com finalidade de demonstrar ao público governamental e para as grandes empresas essas novas tecnologias.

Na parte de helicópteros, com a divisão Airbus Helicopters, a exposição será em torno do H145M, uma versão militar do helicóptero bimotor H145. A Airbus não detalhou se irá expor mais modelos de helicópteros, assim como fez no Paris Air Show 2017.